quarta-feira, 29 de agosto de 2012

103ª Mensagem - Meu Mentor me Ensinando a Conversar com Deus...

103ª Mensagem Psicografada
25 AGO 2012 - 8hs30min P.M.
28 AGO 2012 - 8hs37min P.M.

Meu Mentor me Ensinando a Conversar com Deus, Nosso Pai




Deus Pai todo Poderoso, eu lhe peço, eu humildemente lhe imploro Senhor, cuide da minha família, olhe por todos nós, ilumine nossos passos, guiando-os sempre pelo caminho da luz e do bem.
Permita, Meu Deus, que a harmonia se faça presente entre todos, ensina-nos a nos tratarmos com carinho, atenção, preocupação, falando com cada um como nós gostaríamos que falassem com a gente. Que nós saibamos, Meu Pai, observar os exemplos do Senhor e fazer destes exemplos a cartilha do nosso dia-a-dia.
Eu quero lhe pedir Meu Pai que ilumine meus pensamentos, limpe a minha mente de toda a dúvida, não permitindo que a minha fé no Senhor esmoreça. Que eu seja sempre dócil diante dos obstáculos, que eu perceba o quanto são necessários à minha evolução e que eu, lembrando dos seus ensinamentos, saiba transpô-los com dignidade. Que eu perceba, Meu Pai, o quão feliz eu sou por ter esta família linda, que me oferece a oportunidade de aprender a amar e perdoar. Que eu absorva, Meu Pai, cada balsamos recebido, que eu saiba reconhecê-los ao contemplar sua natureza mãe... Que o canto dos pássaros seja para mim como um hino de amor e glória...Que a singela florzinha, que eu encontre no meu jardim me lembre sempre da Sua Presença constante em minha vida, preenchendo meus dias de colorido, de perfume e do doce sabor da companhia dos Anjos.
Como é bom Meu Pai, poder me lembrar de tudo isso, como é maravilhoso olhar a minha volta e saber que meu maior Anjo Protetor, minha Mãe, esta bem aqui, ao meu lado, ainda me ensinando a ser mulher.
 O quanto acalma meu coração sentir a presença do meu marido, olhar em volta e só agora começar a compreender o porque de há tanto tempo estarmos juntos,,,obrigada Senhor, por estar podendo agora perceber o quanto eu e ele temos em comum e o quanto prazeroso é saber que temos aprendido a estar realmente juntos, em todos os aspectos. 
E que filhos lindos, Meu Pai, o Senhor me permitiu ter. Meu coração chora de alegria por esse privilégio. Quero falar um pouco do Gustavo...quanta paz, quanto equilíbrio, quanto desprendimento...como ele me resgata das tormentas e quanto ele me faz bem...obrigada meu amor...muito obrigada...muito obrigada... Agora vou falar do Guilherme, meu bravo e forte guerreiro...este sempre me ensinando a ter coragem, desprendimento, iniciativa...sempre me mostrando que as trevas existem, mas que eu posso passar por elas íntegra, sem nenhuma marca ou sequela, apenas deixando o sentimento de justiça prevalecer... Eu te amo meu amor...muito...muito...muito...
E o Gabriel...o que falar do meu menino, tão firme, tão aparentemente aberto a tudo, ao mesmo tempo tão rígido, não deixando nada transpor seu espaço. Me ensinando a manter sempre o meu próprio santuário - imune as investidas externas - atento ao devido merecimento de cada um, buscando sempre ajudar ao próximo. Meu Anjo lindo...eu te amo...muitíssimo...
Obrigada Senhor...
Obrigada por todos os amigos que o Senhor me permite ter...
Obrigada por tudo...
Por um momento eu me esmoreci, quis deixar o nervosismo tomar conta de mim, mas...

Continuação...

Quanta tristeza... eu quis erguer a minha cabeça...quis olhar para o lado positivo mas algo por aqui ainda não esta bem. Quando penso que melhorei lá vem mais uma mágoa, um obstáculo ou algo triste. Não sei mais o que fazer...
Eu quero sorrir, dizer que esta tudo bem. Que eu sou forte...mas o meu coração esta amargurado...com aquela sensação de incompetência...aquela sensação de que tudo esta errado...eu errei e não sei o que fazer para corrigir. Não somos uma família perfeita...parecia que estava tudo caminhando, der repente estava todo mundo se estranhando...qualquer coisa que um faz é motivo para o outro ficar descontente e eu sempre apagando incêndios... Um aqui, outro ali - estou cansada Senhor. Ontem eu me percebi falando em voz alta o quanto eu já não aguentava mais, o quanto esse mundo daqui me assusta. Parecia, naquele momento, de uma forma muito clara, que minha casa não é aqui.Que no mundo do qual faço parte não tem drogas, brigas, mortes...quando ouço meus filhos falando qualquer comentário sobre estes assuntos, ou quando eu os ouço falando na gíria ou ouvindo determinadas músicas eu me sinto como uma extra terrestre, apavorada, com medo de que algo de ruim aconteça com eles e quando eles demonstram insatisfação com a forma que vivemos, com a vida restrita que levamos ou com o quanto é mais agradável para eles estar "lá fora", ai a tristeza dói imensamente dentro de mim. Fico com uma sensação de não ter cumprido meu dever e de querer voltar logo para aquele meu outro mundo, onde todo mundo vive harmoniosamente,
Não sei o que esta acontecendo comigo... agora, por exemplo, eu tive a clara impressão que meu padrasto (que já morreu a dois anos) acabou de passar pelo portão. Parece que estou dividida entre dois mundos - recebendo amor, força e coragem do meu mundo melhor para caminhar entre espinhos neste mundo tão sangrento.
Quero ficar no meu mundo, cheio de paz e harmonia, ouvindo o canto dos pássaros, o barulho das águas das fontes, a melodia do piano...mas não posso deixar de cumprir um plano que sei (não sei como) já estabeleci antes...mas tudo aqui me assusta muito; o meu corpo dói demais e a minha vontade de querer chorar é imensa.
O que fazer meu Deus?
Me ajude, por favor?
Eu me sinto como uma criança carente precisando de ensinamentos...
Fale claro comigo Senhor, hoje eu estou com dificuldades para interpretar seus sinais.
Estou olhando para meu Caderno de Orações, para a imagem do meu Mentor querido e para o sorriso lindo da minha filhinha de coração, mas não escuto ou vejo nada.
Vou pedir outra vez...
Fale claro comigo Senhor, como se falasse a um cego, surdo e mentalmente confuso... é assim que eu me sinto agora.
Eu te amo Meu Pai...
Te amo muito e estou sentindo muito a sua falta...