quarta-feira, 17 de abril de 2013

032/2013 Mensagem - Quantas vezes...

32ª Mensagem Psicografada
24 MAR 2013
7hs19min P.M.

Quantas vezes...
"Quantas vezes nós já falamos sobre a dor, sobre o amor, sobre a tristeza, a alegria?
Quantas e quantas vezes buscamos compreender melhor o significado das palavras, buscando com isso uma melhor definição dos sentimentos? E nós já falamos sobre o cansaço? Cansaço físico, mental ou ambos? Porque ainda não falamos de assunto tão importante? Será que nosso cansaço se faz tão forte que quando chega nos impede até de falar sobre ele? Porque nós nos cansamos se basicamente todos fazemos as mesmas coisas...dormimos, acordamos, nos alimentamos, trabalhamos, descansamos um pouco e recomeçamos a mesma rotina no dia seguinte e dia após dia sucessivamente? Então porque cansamos? Se dormimos, descansamos, amamos, fazemos laser, o que torna o cansaço mais leve ou mais pesado?
O que será que o nosso corpo e o nosso cérebro estão tentando nos alertar? Seria apenas o cuidado de nos fazermos parar? Não...assim como acontece quando ficamos doentes, o cansaço também deve ser considerado uma doença - doença da mente espiritual, doença do corpo espiritual, querendo dizer à nós todos que é chegado o momento de mudarmos de degrau, é chegado o momento de reformularmos nossos pensamentos expelindo o que não é mais útil e agregando valores àqueles que necessitam de execução imediata.
Por exemplo: todos os dias você executa a mesma tarefa, sempre foi assim...entretanto agora o seu corpo já não corresponde, o cansaço grita mais alto pedindo atenção...é chegado o momento de eliminar uma determinada tarefa ou pensamento e preencher este espaço com algo que lhe ofereça motivos para continuar...faça algo apenas por você, sem sofrimentos, sem culpas, sem atropelos...o seu corpo irá agradecer e a vida, a sua vida em flor mais uma vez irá desabrochar..."

Seu amigo

Rodolfo Rubert