sexta-feira, 28 de junho de 2013

70ª Mensagem - Qual o efeito da maconha, no cérebro, segundo a visão espírita?

70ª Mensagem Psicografada
27 JUN 2013
10hs30min P.M.

Qual o efeito da maconha, no cérebro,  segundo a visão espírita?
Imagine raios de luzes...coloridas e brilhantes – cores alegres, reluzentes...que provocam em você um misto de relaxamento e euforia – como uma criança ao ganhar um presente muito querido e desejado, mas também cansativo de montar...
Sim, cansativo sim...
Luzes fortes, coloridas, ápices de relaxamento e euforia, picos de sensações fortes e curtas...tudo isso levam o usuário da maconha a buscar o prolongamento da sensação de relaxamento...isso é cansativo... e daí é um passo para a próxima droga.
Para a espiritualidade o comprometimento já ocorreu, porque desde o início os afins (encarnados e desencarnados) já se colocaram em sintonia com o usuário e já trabalham para manter viva a chama da necessidade...então passam a ser dois os problemas a serem tratados: o vício e a obsessão.
Mesmo quando conhecemos os inimigos o bom senso nos diz para não iniciarmos uma batalha... neste caso então, que não se conhece nem os inimigos visíveis e muito menos os invisíveis o recomendado é JAMAIS DAR O PRIMEIRO PASSO...

Observação Pessoal:
Estava eu tentando assimilar os ensinamentos embutidos nesta mensagem quando ouvi a vozinha do meu anjinho dizendo:

- Eu vo expica mamãe:
Quando a pessoa fuma a maconha essa fumacinha vai caminhando pro lado equerdo do cérebro, então ele vai ficando cada vez mais alegue, porque começa a te a sensação de relaxamento e bem-estar, seus probemas e sua irritação vão sumindo como um milagre...mais esse efeito é muito curto, então esse lado equerdo do cérebro que vive o lado material da vida, que vive as sensações físicas e muitas vezes até aquelas que não são boas para  o corpo fais a pessoa acredita que se ela usasse a maconha outa vez, com uma dose maio, então a sensação ia demora mais pa acaba...mais não é assim...
Quanto mais a pessoa usa, mais essa fumacinha vai machucando o corpo dela e ela vai começando a enconta dificuldade para faze o caminho de volta...ao invez de fica relaxada ela começa a fica mais irritada, mais bava, querendo briga com todo mundo. Ai ela não consegue dumi, não tem vontade de papa nada e quando dome ela ainda tem sonho ruim, isso sem fala dos problema que vai nascendo nos órgãos do corpo que o papai do céu empestou.
Então o lado dileito do cérebro, o lado mais sabido, ele avisa o imãozinho dele pa desisti de usa a maconha porque se ele continua ele vai cada vez mais abindo um bulaco que vai leva ele la no fundo do pecipicio, bem longe do papai do céu, onde não tem paz, porque vai chega um momento que memo que o lado equerdo queila palar de usar a maconha os espilitos e os falsos amigos da terra...todos não vão dexa ele palá.
O usuálio de doga ele tem que apende que não pecisa de nada disso pala ser amado e protegido pelo papai do céu – basta que ele faça uma olação, de colação abeto, com vontade, que seja memo sentida lá no fundo dele e ai sim como uma mágica a Luz do papai do céu vai apalece e faze tudo fica hamonico...entendeu mamãe...agola que você já apendeu você já pode faze os tatamento daquelas crianças e dos tios gandes que usam maconha. Agola já dá pa expica pa eles que maconha não é uma folhinha que ajuda...não...ela é uma folhinha muito compicada para sabe usa...só os tios gandes que cuidam da cura é quem sabem como, quando e qual a quantidade certa e em quais situações pode ser apicada.
Clalinha Babosa Cassalho