terça-feira, 27 de agosto de 2013

80ª Mensagem - Xangô mandou tocar...

80ª Mensagem Psicografada
27 AGO 2013
6hs45min P.M.

Xangô mandou tocar...


"Preto véio chegou...
Preto véio chegoou...
Veio Trazendo mensagem
De nosso amado Pai Xangô...

Preto véio chegou...
Preto véio chegoou...
Vem pedindo à todos
Pra tocar estes tambor...

Preto véio chegou...
Preto véio chegoou...
Pai Xangô está lhes pedindo
Pra tocar em seu louvor...

Preto véio chegou...
Preto véio chegoou...
Mostrando pros filhos
A vontade de Pai Xangô...

Pai Xangô está lhes pedindo...
Pra tocar todos os tambor...
Assim a Justiça Divina
Vai vibrar com muito amor...

Toca meu povo toca...
Toca agora pro nosso Pai Xangô..."


segunda-feira, 26 de agosto de 2013

79ª Mensagem - Música Casa Justiceira...

79ª Mensagem Psicografada
25 AGO 2013
11hs A.M.

Música cantada pelo Senhor
Preto Véio Pai João de Angola
"Preto véio chegou...
Preto véio chegooou...
Nego véio chegou...
Nego véio chegooou...
Prá essa casa de Xangô...

Xangô me mandou...
Xangô me mandooou...
Nego véio chegou...
Prá cumpri o que Pai Xangô mandouuuu.....

Pai Xangô lá do alto...
Lá de sua pedreira...
Mandou Nego véio prá cá...
Trazendo a Justiça certeira...

O fio escute o Nego véio...
o Pai Xangô mandou dá o recado...
que aja com Ordemmmmm...
e Justiça aborteiraaa...
que pense com amoooor...
e cumpra a Justiça certeiraraaa....
que fale com Leiii....
mantendo a Justiça abortivaaa....
tu pare o mal....
nessa Casa Justiceiraaa......
que tenha Amorrr.....
que a Justiça será certeiraaa....."




domingo, 25 de agosto de 2013

78ª Mensagem - Um vaso com flor...

78ª Mensagem Psicografada
24 AGO 2013
9hs30min P.M.

Um vaso do flor...
"Primeiro vem as sementes, a terra, os fertilizantes...
Em seguida regamos com água e deixamos sob a luz do sol para a terra germinar aquela semente.
Com o tempo aquela plantinha cresce, floresce, distribuindo encanto a todos os que a cercam. Entre tempos de florescer e tempos de germinar, vamos notando as alterações necessárias...ora suas folhas caem, ora suas folhas brotam verdes e brilhantes, cheias de vida, antecedendo o aparecimento das flores...
Um dia ela simplesmente deixa de viver...procuramos por resquícios de sua beleza e tudo responde inerte. Colocamos água, levamos ao sol e nada acontece. Assim ocorre com todas as vidas - todos os tipos de vida...
O que devemos observar é que uma flor nunca  morre...apenas renasce de uma outra maneira - ou sendo a geradora de novas v idas ou então, renascendo com um maior e melhor diferencial: a dádiva de ter aprendido mais um pouquinho sobre o Mistério Divino Nascer ou Morrer...

Sejamos Flores perfumando e encantando o Jardim Divino...
Sejamos Luz...renascendo das Flores...
Sejamos Amor...renascendo da Luz...
Sejamos a Imagem e Semelhança do Mestre Criador...renascendo do Amor..."
Seus Mentores
Rodolfo Rubert

sábado, 24 de agosto de 2013

77ª Mensagem - Mentores de Luz instruindo sua discípula...

77ª Mensagem Psicografada
24 AGO 2013
1hs25min A.M.

Mentores de Luz instruindo sua discípula...
"...Calma minha filha...tudo a seu tempo...
sabemos que não está sendo fácil...estamos aqui, bem ao seu lado, como sempre estivemos. Isto tudo faz parte sim de um combinado anterior - esta é a sua missão: levar a palavra Sagrada principalmente àqueles que não a querem ouvir. Sua missão é uma missão de resgate - missão de juntar o rebanho de Nosso Senhor. Mais uma vez lhe pedimos: tenha calma...confie...nos tempos certos as certezas vão se concretizando e suas forças se multiplicando para dar forma a tudo isso. Nada é tão difícil que você não conseguirá realizar. Somos muitos os seus amigos, por isso a necessidade de, em tempos e tempos, alguns se afastarem para que você possa reativar seus conhecimentos e sua lembrança de cada um de nós. Você precisará de todas as forças para executar com presteza e unicidade a sua missão. Nós somos a sua equipe...nós estamos e sempre estaremos ao seu lado, esteja você realizando a  atividade que escolher...para cada procedimento um Amigo da Luz estará posicionado ao seu lado, lhe orientando e somando forças e conhecimentos com você.
Vivemos um momento de grande transição e muitos serão os que encontrarão o desequilíbrio e poderão ser considerados até inaptos para viver em sociedade e só a força do amor, da caridade, do desejo de servir poderá resgatá-los das sombras.
Luz é o que não lhe falta hoje e nunca faltará e é por essa razão que os irmãozinhos que se encontram nas trevas estarão sempre a lhe procurar...sabem que o seu carinho lhes dará o conforto necessário para relembrarem que são filhos do Senhor, são amados e terão sempre o benefício do recomeço.
Estamos felizes por você - mesmo com todos os obstáculos teve a firmeza necessária para separar a decepção do desespero. Clamou por nosso socorro...acreditou no Senhor e aqui estamos todos nós lhe enviando nossas mais puras energias de amor e amizade, acalentando seu coraçãozinho e lhe proporcionando uma condição de esperança...uma certeza de que caminha pelo caminho da Luz."
Seus mentores
São Francisco de Assis
(Rodlfo Rubert)
Santa Clara de Assis
Ruan de Alexandria
Sherman

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Recomeçar...

Atualização:
23 AGO 2013
11hs23min P.M.

Recomeçar...


A vida, algumas vezes, parece uma arena esportiva, precisamos de disciplina de um atleta, do vigor de um esportista.
 Mas na vida, nem sempre encontramos regras justas.
 Perdemos nossas posses, nossas coisas preciosas.
 Na vida, os conflitos se agigantam, as diferenças nos dividem, nos separam.
 Nossa motivação se escoa, a vontade se vai, e nos sentimos desanimados.
 As dúvidas dançam em nossas mentes:
Como recobrar a motivação?
Como conquistar os nossos alvos?
Como trocar as lágrimas pelo riso?
 Quando tudo se vai, Deus e a vida que ele nos deu, ainda estão conosco, as escolhas ainda estão diante de nós.
Desistir ou continuar é uma dessas escolhas.
Posso recomeçar, posso rescontruir!
Posso fazer de novo!
 Minha maior motivação não perece, não vacila, não apaga.
Minha maior motivação é a glória Daquele que me fez e por causa Dele: Posso Recomeçar!
 "A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."
 Chico Xavier - Emmanuel

A minha única certeza:
...estar caminhando pelo caminho da luz

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Projeto Renascer...

21 AGO 2013
10hs30min A.M.
Espaço Haziel - Recanto da Luz Divina
Casa para Todos...


Olá amigos

Muitos de vocês tem visitado...
este blog:  http://espacohaziel.blogspot.com.br/ -  Recanto da Luz Divina... ou
 e deixado lá um pouquinho de vocês...
São emocionantes  demonstrações de carinho, de fé compartilhada, de reconhecimento pelo cuidado e atenção que dedico ao espaço...
muitos me conhecem pessoalmente ou então são parte do grupo de assistência do Recanto da Luz Divina...
...aqueles que até então não faziam parte do grupo vão aos poucos ganhando espaço em meu coração e fazendo parte desta minha escalada espiritual...
... QUERO MUITO AGRADECER A TODAS AS DEMONSTRAÇÕES DE CARINHO, AMIZADE E CONFIANÇA... isto para mim é o mais importante – uma relação construída na vontade de aprender, somar, compartilhar, apoiar...
...PRECISO DIZER O QUANTO ESTA ATIVIDADE, ESTE ESPAÇO (RECANTO DA LUZ DIVINA) É UMA VERDADEIRA TERAPIA EM MINHA VIDA... cada vez que recebo/intuo uma psicografia, me sinto amada e especial aos olhos de Nosso Mestre Criador; quando consigo transmitir uma palavra de conforto, fé e esperança para alguém é como se uma Luz Divina se abrisse em meu caminho;  e quando, junto a Equipe de Socorristas – amparada pelo Dr. Adolfo Bezerra de Menezes, conseguimos levar uma átmo de bem-estar e melhoras aos nossos amigos, então esse sentimento para mim é como um Bálsamo que aquece meu coração...
ENTÃO...DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO
À TODOS VOCÊS...
MUITÍSSIMO OBRIGADA PELO TANTO QUE ME FAZEM BEM E
SE QUIZEREM NOS AJUDAR A VENCER MAIS UMA ETAPA ENTÃO:
SEJAM NOSSOS SEGUIDORES...
...BASTA CLICAREM NO LINK PARTICIPAR DESSE SITE, NA PÁGINA PRINCIPAL DO BLOG – LADO DIREITO DE QUEM OLHA O VÍDEO – PARTE DE BAIXO...
...NOSSA META É ATINGIRMOS O NÚMERO 111 ATÉ 31 DEZEMBRO.
FICAREMOS MUITÍSSIMO FELIZES SE QUISEREM COMPARTILHAR CONOSCO MAIS ESTA CONQUISTA.
BEIJOS DE PAZ E LUZ NO CORAÇÃO DE TODOS

DIVA



Projeto Renascer...

Amigos espíritas/espiritualistas...
pessoas especiais...
todos em unicidade reconstruindo nossos destinos...
humanizando nossas atitudes...
transformando nossos sentimentos com amor, sensatez e moralidade...
todos por todos caminhando para o mundo da regeneração...
VAMOS TODOS, PAUTADOS NA FÉ E NO AMOR, EQUILIBRADOS, COM ORDEM E JUSTIÇA AGREGARMOS CONHECIMENTOS, VALORES E ATITUDES, TRANSMUTANDO ENERGIAS NEGATIVAS, CRIANDO MOVIMENTOS DE PAZ...
UNAM-SE AO GRUPO RECANTO DA LUZ DIVINA – CASA PARA TODOS
 (O BEM SEM OLHAR A QUEM)...
BASTA CLICAR NO LINK PARTICIPAR DESTE SITE, NA JANELA SEGUIDORES  OU CLICAR EM CURTIR ABAIXO DO LINK ESPAÇO HAZIEL.
OBRIGADA À TODOS...
BEIJOS DE PAZ, LUZ E AMOR EM SEUS CORAÇÕES...
COM CHEIRINHO DE LAVANDA...

DIVA BARBOSA

domingo, 18 de agosto de 2013

76ª Mensagem - Psicografia para Sra. Dirce S. de Lima

76ª Mensagem Psicografada
17 AGO 2013
9hs38min P.M.

Para: Sra. Dirce Santos de Lima
De: Flávia Anay de Lima
 “Minha vozinha querida, a Senhora que foi para mim o meu pai, a minha mãe, a minha vó, o meu tudo – o escudo protetor e carinhoso para onde eu corria todas as vezes que me sentia triste, nervosa, incompreendida em meus sentimentos, em meu querer... a Senhora que muitas vez diz que a mamãe e o papai não gostavam tanto de mim como a Senhora, não sofra minha querida. Não fique buscando razões, culpados e ressarcimentos que não são necessários mais no tempo em que vivo.
Se houve culpados, os culpados fomos nós dois. Hoje eu aprendi que nosso maior presente Divino é o dom do livre arbítrio. Temos a capacidade de decidirmos sobre o que é melhor para nós. Temos a obrigação de buscarmos relações que nos engrandeçam como pessoas e eu sabia, sempre soube, que o Rafa não era a minha melhor opção, mas eu pensava que o amava, morria de ciúmes dele, brigávamos e fazíamos as pazes, voltávamos a brigar e outra vez eu fazia as pazes. Ainda na minha infantilidade eu achava que era normal uma relação assim, mesmo quando ele me agredia. Mas eu também agredia ele. Eu o queria só para mim, sem todas aquelas pessoas, de certa forma importantes, ao lado dele. Eu não permitia que ele saísse sozinho – não queria que falasse com nínguem. Nos últimos tempos eu já não sabia se eu aceitava tudo isso porque tinha ciúmes dele ou se era porque consenti em fugir da casa dos meus pais e depois quando percebi que não era do jeito que sonhei tinha vergonha de voltar. Brigávamos muito mas eu me sentia importante tendo um apartamento em SP só para nós. Vozinha eu estou dizendo tudo isso para que a Senhora compreenda que o que passou já passou. Não dê importância as coisas que te falam sobre minhas vidas passadas ou as dele, ignore se foi ou não do meu merecimento, não pense em justiça terrena – essa não é tão importante – nada disso é importante.
Deixa eu te contar uma coisa: eu estou bem, vivendo num mundo de paz e de encanto. Tenho estudado bastante. A Senhora sabe que eu gostava de estudar, mas aqui os estudos são diferentes. Aprendemos quando compreendemos o ontem e o hoje, já trabalhando por um amanhã melhor. Pude recordar todo o meu passado e para a minha alegria e surpresa poucos eram os meus resgates. Pude voltar logo para o nosso verdadeiro lar e daqui estou orando muito para que a Senhora, o vó, tudo mundo daí, sintam em seus corações a compreensão, a paz, o conforto e a alegria que hoje estou sentindo...
Não deixe que a tristeza e a saudade se transformem em revolta. Acredite nos Planos de Deus. Ele tudo sabe. Agora eu tenho certeza disso.
Pense em mim como a sua filha querida, que muito a ama e agradece por todo o empenho – quase uma obsessão – em fazer nossos vizinhos, as pessoas que nos conhecem, ou todos os que viram meu caso na televisão acreditarem e entenderem que fui uma vítima.
Isso não importa minha vó, o que realmente importa é termos paz e a sua paz chegará quando a Senhora me permitir dividir com a Senhora toda a paz que estou sentindo. Abra seu coração vozinha, sinta o meu calor, sinta a nossa união servindo de corrente para te levar todo o meu amor, todo o encanto do mundo que estou vivendo...
Deixe-me beijá-la para que sinta o gosto da vida em meu espírito. Estou viva.
Fale para meu pai não se sentir culpado por todas as vezes que me impediu de fazer tudo o que eu queria – ele estava certo.
Não pense que a mamãe não sente minha ausência. Sente sim e luta desesperadamente para não deixar o ódio tomar conta dela.
E quanto ao vô, que sofre calado a minha ausência fale para ele que eu continuo a mesma – cutucando ele – fazendo àquela movimentação – eu só quero que vocês voltem a sorrir.
Olha eu quero que a Senhora corte os cabelos, volte a pintá-los, se arrume e saia para passear – me chame que eu a acompanharei e se a Senhora deixar eu lhe darei a minha paz, alegria e forças para a Senhora continuar, porque sendo assim, confiando no Senhor, daqui a um tempo (não sei precisar quanto) todos irão responder pela sua parcela de culpa.
Não fique decepcionada comigo. Aqui todos nós sabemos dos seus esforços para manter digna a minha imagem mas o que eu mais desejo, do fundo do meu coração, é vê-la em paz.
Sua neta
Flá.”



quinta-feira, 15 de agosto de 2013

75ª Mensagem - Psicografia do Sr. Sidnei R.dos Santos para Sra. Sueli R. dos Santos

75 ª Mensagem Psicografada
 14 AGO 2013
9hs20min P.M.

De: Sr. Sidnei Rodrigues dos Santos
Para: Sra. Sueli Rodrigues dos Santos


- Jovem, alegre, dependente, carente de atenção...carente de carinho, com baixa auto estima, procurando por algo que lhe desse uma razão de viver...foi assim que se apaixonou...uma bela mulher, buscava sempre compreendê-lo, ajuda-lo, orientá-lo...mas isso não era o suficiente, alguma coisa sempre o chamava para os caminhos obscuros da vida. A ausência da mãe lhe pesava sobre o coração, o vazio nunca era preenchido – então, sem mesmo saber o motivo, buscava consolo no álcool e assim foi caminhando, se perdendo dos poucos vínculos que o mantinham no caminho da luz...até que perdeu tudo...sofreu, chorou, foi maltratado, apanhou, procurou sofrimentos ofendendo e perseguindo outras pessoas de bem – queria por um fim em todo aquele tormento e conseguiu – apanhou tanto que seu corpo já não suportou. Ainda tentando aguentar ingeriu sua última dose, tomou seu último pic... a cabeça girava, satisfeita em não mais perceber todos as dores, tudo passou a ser festa...mas uma festa que durou pouco, bem pouco...logo as dores todas voltaram, num misto de dor, mal estar, falta de consciência, agitação, confusão mental, queria gritar, arrancar tudo aquilo de dentro de mim, batia no que estivesse à minha volta, gritava, resmungava e aos poucos fui me calando, me amortecendo.  Quando me dei conta já havia passado dessa para uma nova vida, diferente agora...mas calma eu acho.
Eu vi a mamãe – ela sorria para mim – olhei para o lado e vi também você, senti a sua dor, vi a sua tristeza mas vi também o tamanho do seu amor e isso me deu uma luz, luz para compreender que se você me ama, mesmo depois de tudo o que fiz, é porque o amor existe e se ele existe é porque Deus existe. E se Deus permitiu que a nossa mãe viesse me encontrar é porque ele também me ama, então eu agora sou um homem feliz, fiel à Deus e sublime aos seus ensinamentos...quero aprender, quero corrigir os meus erros passados, quero poder ajudar, quero ser para os outros o que você, a mamãe agora e Deus esta sendo para mim.
Fique tranquila...eu estou bem, aprendendo a viver...reorganizando meus sentimentos e muito em breve, já me disseram, poderei estar com vocês.
Eu te amo irmãzinha. Diga aos meus filhos que eu lhes peço perdão e que também os amo.
Um beijo em sua testa e fique em paz.
De seu irmão
Nei

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

74ª Mensagem Psicografada/1ª Mensagem Psicofônica

74ª Mensagem Psicografada/1ª Mensagem Psicofônica
11 AGO 2013
8hs16min P.M.

Um Espírito bom...
"...um jarro de luz...
uma vela de amor...
uma fronha de trigo...
um rio de anil...
uma semente de jóia...
um punhado de areia...
um raio de sol...
uma gota de chuva...
um pouquinho de sal...
...e todo o meu amor...
...são presentes para você...
...semeando...plantando...cultivando...edificando o 
Recanto da Luz...

Paz e Equilíbrio à todos"
Franz Sherman

domingo, 11 de agosto de 2013

O Dia dos Pais para mim...

11 ago 2013
5hs39min P.M.


O Dia dos Pais para mim...

Um dia eu pensei que Maria fosse a minha mãe...ou seria a Eunice?...
... depois eu entendi que a minha mãe é a Malvina...
 – Maria é a minha segunda mãe – Mãe-tia, àquela que me segurou, cuidou e amou, enquanto a Mãe Malvina lutava desesperadamente pela sobrevivência, emocional e física, da nossa família, após a morte do meu pai, enquanto eu ainda tinha apenas 9 meses...
- Eunice é a minha terceira mãe – Mãe-prima, àquela que dividiu comigo o aconchego de sua mãe e de sua casa, àquela que me consagrou com o batismo e me ensinou a importância do amor e do respeito...àquela que apesar de toda a sua dedicação e atenção sempre fez questão de me lembrar que a minha verdadeira mãe é a Malvina e que se naquele momento ela não estava comigo era tão somente porque buscava o equilíbrio da situação e que ainda assim que ela me amava profundamente... foi assim e ainda é assim...
- Malvina é a minha Mãe/Pai, àquela que sempre esteve ao meu lado, mesmo que distante fisicamente...àquela que toda vez que eu gritava mãeeeeeeee, ela respondia: estou aqui minha filha – o que você precisa? Essa é a minha Mãe/Pai... uma mulher extremamente sofrida, agora muito doente – possuindo quase nada da lucidez que sempre a guiou...mas completa em amor...completa em família...completa como amiga...completa como exemplo da bondade Divina...exemplo digno de quem confiou em Deus, submeteu-se às lições necessárias e amou, ama profundamente todos os seus...
Mãezinha linda...eu te amo...sempre a amarei...
Peço todos os momento à Deus que retire de seu coração todas as mágoas passadas, todas as tristezas...todo o seu imenso sofrimento...Imploro ao Pai Mestre e Criador que não lhe permita terminar seu tempo aqui nesta vida com ódio em seu coração e nem revolta em seus pensamentos e atitudes...Rogo a Virgem Santíssima clemência...que todo o seu comportamento anterior ao seu problema de saúde seja o suficiente para desconsiderar todas as desesperanças de agora...
Que a Luz do Mestre Santíssimo desça sobre o seu mental, invadindo também todos os seus corpos físico e espirituais diluindo toda a energia negativa que possa a estar perturbando...que seu coração seja preenchido com a Luz Rosa do Amor Puro e Incondicional...que a Luz Verde Esmeralda transmute agora todos os seus problemas de saúde, substituindo todas as células doentes por células saudáveis, ativando seus órgãos, restabelecendo o fluxo sanguíneo, normalizando sua respiração e batimentos cardíacos...
Eu te amo minha mãe...amo como amo meus filhos e te cuido como cuido deles também...
...sua benção meu amor...
FELIZ DIA DOS PAIS

CONVOCO A TODOS DE NOSSA FAMÍLIA E AMIGOS A ORAREM EM SEU FAVOR...PEDINDO AO MESTRE CRIADOR QUE DIMINUA SEU SOFRIMENTO E A CONSOLE EM SEUS BRAÇOS...PERMITINDO QUE FIQUE CONOSCO O QUANTO ISSO NÃO FOR PREJUDICIAL A SENHORA...PORQUE MAIS DO QUE NINGUEM, A SENHORA MERECE ESTAR AO LADO DOS ANJOS DE LUZ ...

terça-feira, 6 de agosto de 2013

6 AGO 2013
8hs55min A.M.

UMA MENSAGEM PARA RESPONDER ÀS DÚVIDAS CONTIDAS EM NOSSAS MENTES E CORAÇÕES...UM CARINHO DA ESPIRITUALIDADE...


Eu sou OSHO, eu saúdo em vocês a Eternidade que Dança e a Eternidade que engalana, Irmãos e Irmãs da Unidade, Irmãos e Irmãs da Luz, Irmãos e Irmãs do UM.
*Eu venho para o nosso encontro, e esse encontro não é destinado a outra coisa senão, simplesmente, a fazê-los portar um olhar honesto e lúcido sobre o que vocês atravessam, em vocês, como para o conjunto de cada um e de cada uma, como para a própria Terra.
Vocês constatam, mesmo não podendo dar explicações nem ali colocar palavras, que a sua Consciência e o que vocês são, passam por flutuações, por transformações e por movimentos podendo parecer cada vez mais rápidos e inesperados.
Isso é a Dança da Vida que os extrai cada vez mais rapidamente da ilusão e do efêmero.
Compreendam bem que vocês não têm que renunciar por vocês mesmos e de vocês mesmos, simplesmente vivendo o Abandono à Luz: o que foi nomeado Inteligência da Luz ressoa em vocês e trabalha em vocês, a fim de liberar o que vocês não são, e lhes permitir, com toda lucidez, encontrar e descobrir a sua vestimenta da Eternidade.
*Os modos de funcionamento da Consciência, tais como vocês o vivenciaram até agora, qualquer que seja a via, qualquer que seja o caminho, qualquer que seja a sua vida, vem lhes mostrar, hoje, a futilidade do que anteriormente lhes parecia essencial, ou mesmo primordial na vida de vocês.
Assim é a ronda da Dança da Vida, assim é a Onda da Vida, assim é a Luz que vem restituí-los à sua Luz, e que vem restituí-los, sobretudo, ao Amor.
Não o amor que vocês emitem ao objeto do seu amor, porque neste Amor não há nem sujeito, nem objeto, mas simplesmente a Verdade nua do Amor que é Dança e Vida.
*Dessa maneira, nos momentos em que a sua consciência ordinária se oculta, nos momentos em que por vezes vocês não tiveram escolha, vocês são transportados no que pode parecer, do seu ponto de vista, um esquecimento, uma perda de algo.
Mas não é assim, porque esses reencontros anunciados e que vocês prepararam, para muitos de vocês, durante tempo suficiente, encontram-se hoje recompensados pela Dança da Vida e do Amor que é, como vocês sabem e como vocês vivem isso, a sua natureza primordial e essencial.
Vocês entraram então nos encontros importantes.
O primeiro desses encontros é, antes de tudo, com vocês mesmos, com a sua Eternidade, vindo se opor ao seu limitado, a fim de fazê-los descobrir os mecanismos da Consciência e da própria essência da Vida.
Muitos de vocês se encontram “em outros lugares”, sem poder, contudo, definir estes “outros lugares”, dando-lhes, por sua vez, uma sensação às vezes de torpor, mas se vocês olharem mais distante, por uma sensação de paz e de completitude que nada pode vir alterar.
Vocês percorrem a sua vida, não mais simplesmente como um observador que assimilou que vocês não são nem somente este corpo, nem somente esses pensamentos, nem somente esta vida, mas algo de muito mais amplo, e o que é amplo passa, por vezes, por espécies de sonolência onde não há ainda a clara consciência do que vocês são, mas de maneira intuitiva, ou mesmo com o seu corpo, com o que vocês nomeiam sensibilidade, vocês se apercebem de que aí está a única Verdade, a única Eternidade, e a única Dança verdadeira.
A cada dia durante este mês, e principalmente neste Encontro essencial ao qual os convidou MARIA para o dia 18 de agosto, vocês vão avançar de descoberta em descoberta.
Essas descobertas se fazem no seu cerne, na sua Eternidade, e pouco a pouco levam a estados, na falta de lembranças ou de imagens, que transfiguram literalmente o que ainda pode restar dos seus hábitos, dos seus apegos e das suas áreas de interesse.
Isso não é uma depressão, muito pelo contrário, é o momento de se descobrirem na totalidade e de percorrerem o que não é mais um caminho e uma via, mas a única Verdade.
Tudo isso vocês vivenciaram longamente, refletiram longamente, e talvez com seriedade, vocês deixaram trabalhar com alegria o que é a Dança, o que é o Amor, bem além das considerações deste mundo.
É preciso, contudo, continuar a viver, enriquecidos de uma nova vida, enquanto a antiga se extingue, a seu ritmo, mas de tudo isso vocês já sabem.
Vocês sabem também, e eu lhes comuniquei a postura e a maneira de proceder para, de algum modo, acender esse Fogo da nova vida em vocês, a fim de que ele consuma o que era consumível de tudo o que pertencia e ainda pertence um pouco à ilusão.
É tempo de vivê-lo, de nada serve rejeitar este mundo, porque é integrando ele em vocês, assim como nós nos revelamos a vocês, assim como a nossa voz se expressa por diferentes vias, que vocês retêm a essência e o que isso significa além da aparência das palavras, além mesmo das vibrações que podem lhes convir ou não.
É o fim da separação, o fim do efêmero, o retorno da Eternidade.
Então, é claro, isso se vive em primeiro lugar, e antes de tudo, no seu ser interior.
Este ser interior, além do corpo de Estado de Ser, além da própria Consciência, convida-os a soltar todo o fardo.
É preciso, de fato, tornarem-se cada vez mais leves, que isso seja no seu passado, que isso seja nos seus pensamentos, que isso seja na própria parada de toda projeção da Consciência em qualquer futuro que seja.
Porque o único futuro se encontra no centro do seu Coração, ele não depende de um tempo, ele não depende de um espaço, e ele não depende, de forma alguma, das circunstâncias da sua vida, mesmo as pessoais ou coletivas sobre a Terra.
Porque é em vocês que se encontra a força, a força da Dança da Vida, a força do Amor.
Ela não pode se apoiar em outra coisa senão no que foi nomeado o coração do Coração ou o centro do Centro, este ponto que vocês atingem quando tudo desaparece, quando este mundo parece se aniquilar para dar lugar ao que alguns de vocês ainda podem chamar de vazio ou de dissolução.
Mas além deste Último e desta Infinita Presença, encontra-se este Absoluto, que alguns intervenientes lhes disseram que não era preciso buscar, mas simplesmente aceitar que isso sempre esteve aí.
Cada vez mais vocês vão fazer a experiência, gradualmente e à medida que vocês forem capazes de se abandonar, na totalidade.
Mas se a Dança da Vida os percorrer, se a Onda da Vida girar ao redor de vocês e se o seu veículo ascensional lhes aparecer seja na forma que for, as manifestações podem ser mais físicas, como o fato de ser tocado em alguma parte.
O fato de ser tocado em alguma parte na superfície deste corpo pode lhes parecer exterior a vocês, mas vocês irão perceber bem depressa que tudo isso apenas pode vir de vocês, do interior do que vocês são, não nesta vida limitada, mas na Eternidade que somos em cada um, de toda Eternidade.
Então, estejam atentos, não para observar, não para explicar, não para demonstrar seja o que for, a vocês ou a quem quer que seja, mas, bem mais, para se colocarem em adequação, em sincronia final com a Dança da Vida, com o movimento da Vida que é Amor.
Isso vocês não podem vivê-lo enquanto existir outra coisa.
CRISTO perguntou a vocês, Ele quer todo o lugar.
Não para tomar o seu lugar, mas para ser o que vocês são, a fim de que vocês realmente sejam os Filhos do UM, o coletivo do UM, os Filhos do Amor, a realidade do Amor e a Verdade da Luz.
Isso apenas pode ser descoberto no Silêncio.
Em toda forma de Silêncio encontra-se a finalização como ponto de partida.
Foi dito que tudo provém desse centro do Centro, mas este centro do Centro não é somente o centro do Centro.
Ele também está em todas as periferias, em todos os extremos, mesmo se esses extremos parecerem, em princípio, opor-se a vocês e colocá-los em contradição com a Dança da Vida.
Estejam certos de que durante este período, cada um vive a sua própria retribuição.
Retribuição que é em função do que foi colocado durante esses anos anteriores, do que foi visto, do que foi aceito, disso que vocês colocaram a sua atenção, a sua inteligência, a sua consciência, os seus sentimentos, as suas ações e as suas reações.
Desenrola-se em vocês a única Dança possível.
Não vejam o aspecto exterior nas circunstâncias da vida de vocês, mas lembrem-se de que é nesses momentos em que tudo parece ser esquecido, em que vocês parecem desaparecer na totalidade para a consciência deste corpo, para a consciência do seu mental e que esta identidade desaparece, que aí tudo aparece para vocês.
O aparecimento da Luz, de maneira física, está a caminho.
Como vocês sabem, não há data a buscar.
Simplesmente aqueles de vocês que observam o que acontece no seu Templo, o que acontece sobre este mundo, sem prejulgar o que nós lhes dizemos, ou o que nós lhes dissemos, ou iremos lhes dizer, sentem pertinentemente e de maneira formal o que se desenrola neles.
Mesmo se vocês não tiverem percebido o que é a nova vida, saibam que nos momentos em que vocês desaparecem, ela está mais presente do que nunca.
Mesmo se vocês não tiverem, como lhes foi dito, a consciência clara e perfeita, observem simplesmente quais são as repercussões e a retumbância, simplesmente sobre a sua vida nesses atos mais ordinários, do que é feito a sua vida.
 Vejam a ilusão, vejam a Verdade, vejam o que é a Alegria, vejam o que é oposto à Alegria, mas tornem-se simplesmente o Amor na expressão, e o Amor na impressão, aí onde não pode existir qualquer dúvida.
É disso que vocês se nutrem cada vez mais, vindo substituir o conjunto das suas necessidades fisiológicas, se isso já não tiver ocorrido para vocês até agora.
Muitas modificações estão em andamento em vocês, elas aparecem por diversos sinais, por diversas manifestações, um pouco como para a Terra, para aqueles que sabem observar o que se desenrola no seu cerne, na sua carne, nos seus veios, nos seus lugares sagrados ou nos seus lugares corrompidos.
Olhem simplesmente o rumo que toma o mundo.
É apenas a expressão do que pode existir como antagonismo, morrendo, de fato, entre o que é a Luz e o que é a resistência à Luz.
Isso não é um combate, é um reconhecimento.
Jamais considerem isso como um combate, mas, sim, se vocês preferirem, como uma elevação vibratória, uma expansão da Consciência partindo do centro do Centro e alcançando esta famosa periferia.
Mesmo se vocês não tiverem nenhuma lembrança desta viagem, deste movimento, desta Dança, o mais importante é o que resulta depois para vocês, e também para o mundo.
É aí onde vocês estão, independentemente do que esta vida reservou para vocês nesses momentos específicos, quer vocês estejam mais no seu lugar para resolver o que pode restar para ser resolvido, mas também, se nada houver para resolver, para continuar a exprimir e a imprimir a certeza da sua Eternidade, a certeza desse movimento da vida que os faz dançar no Silêncio.
O Silêncio não é vazio, ele é pleno.
Pleno de Vida, pleno de Verdade, e é no silêncio do mundo, que será em breve, que vocês vão encontrar, para aqueles que ainda não o encontraram, o que eles realmente são.
O Silêncio é indispensável, ele é indispensável no nível de cada um dos Irmãos e Irmãs encarnados, mas, é claro, ele também irá se tornar indispensável no nível da totalidade do coletivo, Filho do UM ou ainda não Filho do UM.
Porque todos vocês devem encontrar-se frente à sua Eternidade, reconhecê-la, tornar-se isso porque vocês já o são, ou então ali voltar às costas.
Mas cada um recebeu o que lhe coube e cada um irá receber o que lhe cabe do Amor que ele é.
Mas todos nós somos o mesmo Amor, a única diferença na aparência apenas resulta das resistências ou dos medos que ainda podem se manifestar de vez em quando.
O fato de não mais saber se vocês estão sobre este mundo ou se são deste mundo, o fato de saber, ou de não saber, qual é a sua essência, o fato de reconectá-la, de reconhecê-la e de deixá-la trabalhar.
Os elementos, como vocês o percebem em vocês, como na superfície deste mundo, estão doravante em manifestações cada vez mais intensas, isso lhes foi anunciado por várias Estrelas, assim com por outros Anciãos.
Eu não vou voltar ali.
Saibam simplesmente que quanto mais vocês fizerem silêncio, mais vocês irão acolher este Silêncio, esta vacuidade, e mais vocês serão capazes de manifestar a inteireza do que vocês são, este Amor, esta Luz que jamais pôde ser alterada.
Ela foi apenas sufocada, se pudermos dizê-lo, mas sem jamais poder morrer, pelos véus da ilusão.
Esses sistemas de controle da humanidade, esses sistemas que visam preservar a vida a todo custo, pelo medo do desconhecido, pelo medo do além, encontram-se hoje consideravelmente minimizados, o que explica os seus momentos em que vocês não estão mais aí, esses momentos em que por vezes, alguns de vocês se encontram em sua verdadeira identidade, além de toda pessoa.
CRISTO está chegando, Ele quer todo o lugar para devolvê-los a vocês mesmos.
O Canto da Terra, o Canto do céu, o Canto da sua alma nos seus ouvidos e na sua mente, as nossas palavras que se vertem em vocês sob diferentes formas, são igualmente, cada um deles, sinais deste despertar coletivo.
Então, é claro, as aparências da Terra lhes mostram mais adiante, eu diria, as resistências daqueles que creem lutar pela liberdade, que creem lutar pela emancipação, mas não existe qualquer liberdade e qualquer emancipação exterior: aquilo é apenas um erro porque isso não dura jamais e está sempre questionando.
A única coisa que não pode ser questionada é esta Dança do Amor que vocês são, então, tornem-se a Dança, esqueçam todas as imagens, esqueçam todas as relações, não para se tornarem egoístas, mas, bem mais, para encontrarem o que é amplo e o que engloba todos os outros, cada um dos outros, toda a Terra, todos os planetas, toda a Criação, a fim de se fazer UM com a Criação e com Aquele que é KI-RIS-TI.
Dessa maneira, tornando-se UM, vocês não esquecem ninguém, vocês incorporam, se eu puder dizer, a totalidade da Vida, porque cada partícula de vida contém a totalidade da Vida.
Reconhecer uma das partículas é fazer sua a totalidade, porque não há diferença entre a partícula e o que é completo.
Então, esse Silêncio chega a vocês, a partir do momento em que as manifestações que lhes são habituais e usuais, do que é chamado de Vibração da energia-Luz em vocês, conduzi-los, esse corpo como a sua Consciência, para estar no lugar mais perfeito, que são todos os lugares.
Mas há um que é uma zona de conforto para vocês, e esta zona de conforto aparece a partir do momento em que o Silêncio, qualquer que seja, aparecer para vocês.
E mesmo o silêncio das nossas Presenças, mesmo se vocês tiverem, e nós lhes pedimos isso, a capacidade para nos manifestar perto de vocês, assim como alguns de vocês se manifestam perto de nós, aí onde nós estamos instalados.
O mais importante não é mais isso, o mais importante é agora fazer tudo com o Todo.
 Isso é fazer UM com o UM, isso é estabelecer o UM e se tornar o que vocês são, o Amor e a Luz, privados de toda resistência, privados de todo seccionamento, privados de toda restrição.
É assim que vocês alcançam e vivem, de maneira cada vez mais constante, se vocês ali estiverem realmente atentos, a Morada da Paz Suprema.
É ali onde vocês estão realmente vivos, é ali onde vocês são plenamente vocês mesmos.
Ali onde está o Silêncio, ali é o seu lugar.
Ali onde está CRISTO, ali é o seu lugar.
Olhem o que se desenrola, se isso os atrair, mas vejam isso como um espetáculo que atinge o seu fim.
O espetáculo que irá se revelar não tem, ele, nem início nem começo, nem fim nem conclusão.
Ele é a sua Eternidade, além de todo tempo, de todo espaço e de toda Dimensão.
Vocês não poderão ali colocar palavras, mesmo se alguns de vocês, pela nossa voz ou pela sua própria voz, tiverem vontade de clamá-lo ou de declamá-lo, de colocar por escrito, de colocar em música, em palavras ou em pintura, não importa, isso é apenas a manifestação da Dança da Vida que vocês exprimem neste mundo e nesta Dimensão que termina.
Estejam lúcidos e estejam cada vez mais presentes na superfície deste solo porque este é o solo que alguns de vocês levam em uma outra Dimensão.
Os sinais do céu e da Terra, além dos sons, participam da revelação da Dança da Vida e do Amor.
O que lhes resta a fazer não é mais fazer, mas simplesmente, uma vez mais, para aquiescer.
Aquiescer à Vida, aquiescer à Onda da Vida, aquiescer à Luz Vibral, às radiações do Ultravioleta que vão se intensificar em breve, às radiações cósmicas que os atingem e que os atravessam de todos os lados, porque isso é a sua natureza, porque isso é a sua essência.
E aí está a única Verdade, e esta Verdade se faz e se encontra, de algum modo, no Silêncio e na aquiescência a tudo o que lhes propõe a Vida, a tudo o que lhes propõe este efêmero, nestes tempos particulares.
Eu tenho apenas outro conselho a lhes dar, se vocês aceitarem, o de responder a este apelo da sua natureza, a este apelo da sua Eternidade.
Independentemente do momento em que isso ocorrer, independentemente do momento em que a Onda da Vida ou a Luz Vibral decidir fazê-los viver isso, acolham, acolham esse Silêncio porque vocês dali irão extrair, mais uma vez, todas as forças que compõem o que vocês nomeiam as suas necessidades fisiológicas neste mundo, mesmo as mais elementares como as mais complexas, porque a Luz é a resposta.
O Amor é a única resposta a todas as questões, a todas as interrogações, e este Amor, não é o amor tal como vocês o manifestaram ou tal como vocês o vivenciaram em alguns estados, em algumas experiências.
Poderíamos dizer que é a mesma coisa, mas muito mais ampla, muito mais intensa, muito mais envolvente.
A Luz os toma para lhes devolver a liberdade da Luz e a liberdade do Amor que não se importa com as separações, entre os corpos, entre as mentes, entre as emoções, em todos os sistemas construídos pelo homem desde a noite dos tempos para o que lhes é acessível.
Tudo isso foi apenas um espetáculo, tudo isso foi apenas um jogo cujo único objetivo foi o de fazê-los descobrir o verdadeiro passo da Dança, aquele do Silêncio e do Amor.
O conjunto das Estrelas os convida, por diversas vias, a encontrarem esse Silêncio, elas os convidam a se recolherem e a acolherem.
É um movimento cada vez mais intenso, cada vez mais profundo que os leva a isso, para o qual não pode existir outra técnica senão aquela da renúncia.
Mas essa renúncia não é um ato de sacrifício, exceto o sacrifício do que é ilusório.
É vivendo esses estados, durante este período específico que se abre a partir de hoje, que vai levá-los a conscientizar cada vez mais tudo isso, a vivê-lo como eu disse com uma intensidade cada vez mais duradoura e também cada vez mais evidente.
Lembrem-se apenas disso, o que você são na Eternidade é a própria essência do Amor além de qualquer manifestação.
Então, deixem isso tomá-los porque isso irá restituí-los definitivamente a vocês mesmos.
É assim, doravante, que vocês seguem.
Muitos de vocês irão encontrar os meios de expressá-lo, ou através de nós, ou através desta própria Dança que percorre vocês.
Nos momentos em que vocês estiverem ativos sobre este mundo, testemunhem.
Testemunhem e manifestem esse Silêncio da Dança, esse Silêncio da Vida eterna, seja da maneira que for, porque vocês colocam as fundações e vocês constroem o teto ao mesmo tempo, porque tudo é construído ao mesmo tempo.
A sua casa da Eternidade está concluída, mesmo se vocês ainda não tiverem plena consciência disso.
Estejam seguros e certos de que durante este período privilegiado até o dia do Silêncio, que irá ocorrer no dia 18, é pedido para vocês prestarem atenção a esse Silêncio que se manifesta, porque é justamente quando houver esse Silêncio que tudo o que foi definido como exterior, entrando no contexto da sua vida, desaparece, cessando toda veleidade de resistência e manifestando com mais intensidade e mais provas, a sua essência, o Amor que você são.
Não pode existir alternativa.
A resistência não pode ser o Amor, tudo isso, isso lhes foi explicado de diferentes modos, vocês o vivenciaram ao seu modo.
Tudo isso se põe em prática.
Eu os lembro, enfim, de que eu lhes dei uma postura específica, uma maneira também de chamar alguns elementos.
É tempo agora de nem mesmo mais chamar, mas de deixar trabalhar na totalidade.
O Templo foi construído, o seu Templo está pronto para acolher Aquele que vem.
Alguns de vocês já o acolheram, de diferentes maneiras, expressando-o de diferentes modos que lhes são próprios, porque o seu corpo ainda está aí.
Mas, a partir do momento em que ele estiver cada vez mais silencioso, onde os sinais deste mundo e a energia que percorre este mundo forem cada vez mais ausentes, então vocês irão entrar inteiramente, sem freios, sem limites e sem apreensões, para muitos de vocês, na sua Eternidade.
Existem diferentes modos de viver isso na sequência de eventos na sua vida, como naquela da Terra.
Não busquem além do que se apresenta a vocês espontaneamente, porque essa é a única maneira de mostrar, não somente a sua confiança, não somente o seu abandono, mas o fato de que vocês deram todo o lugar para a Eternidade.
Continuem a fazer o que a vida lhes pede quando vocês tiverem oportunidade, mas não deem ali qualquer importância.
Façam-no na leveza, façam-no na vida, façam-no no que lhes é solicitado.
Mas lembrem-se de que qualquer que seja a atividade desta vida exterior ou a inatividade dela, do mesmo modo, a Luz irá chamá-los a esse Silêncio cada vez mais frequentemente.
Mesmo se isso lhes parecer abstrato do ponto de vista da consciência pessoal ainda limitada, colham os frutos, observem os efeitos na vida de vocês, porque essa é a única Verdade.
Durante este período, vocês também têm, não o dever, mas a oportunidade, estando cada vez mais nesse Silêncio interior, se isso lhes for ofertado, de viver esta expansão sem limite, sem fim e jamais tendo começado, da sua própria consciência.
Encontrar a FONTE, encontrar o Filho Ardente do Sol, encontrar MARIA, encontrar as Estrelas, os Anciãos, assim como para muitos de vocês, algumas Consciências que estiveram encarnadas, é apenas um passo a mais para a sua liberdade para vocês.
Esse é o meio de mostrar e de demonstrar esta Eternidade.
Vocês são ao mesmo tempo a Onda da Vida, vocês são ao mesmo tempo o corpo de Estado de Ser, vocês são ao mesmo tempo o ponto de partida e o ponto de chegada, a fim de se aperceberem de que não há, em última análise, nem estrada, nem caminho, mas de que simplesmente a sua consciência estava ocupada com outra coisa do que com a Eternidade.
Isso faz parte do processo de extinção final e terminal do que havia sido chamado de “sistema de controle do mental humano” juntando-se, de algum modo, ao princípio das egrégoras.
Porque é estando sozinho, no Silêncio, que vocês põem fim à solidão, porque é estando interessados, não pela sua própria pessoa, mas por esses momentos de ausência ou de dissolução, que vocês encontram o fio que vai nutri-los e que vai pôr fim ao conjunto das suas necessidades fisiológicas, a fim de fazê-los descobrir a Liberdade, nesses tempos específicos e reduzidos desta Terra.
Todos juntos, quaisquer que sejam as vias que vocês acreditaram útil seguir, traçar, percorrer, quaisquer que sejam os destinos que vocês definiram para vocês mesmos, eles não têm mais qualquer sentido para o olhar da Eternidade, e para o seu olhar, aquele da sua Eternidade.
Estejam atentos, estejam cada vez mais leves, estejam nesta vacuidade onde nada é aguardado, onde nada é esperado, onde nada é temido, porque tudo está aí.
Se tudo está aí, como pode ali ter que temer, que esperar ou que percorrer.
Todas as soluções estão em vocês, todas as questões podem também estar em vocês, mas a única, que não nem uma questão, nem uma resposta, é o Amor, porque tudo ali está.
É a isso que vocês são convidados.
Percebam que é estando sozinhos que vocês são preenchidos do que vocês são, de todas as nossas Presenças e da Presença inteira da humanidade em vocês.
Isso não é um trocadilho, mas é algo que é para viver com mais ou menos clareza, com mais ou menos intensidade, mas que faz parte do que A FONTE nomeou “a Promessa e o Juramento”, desde alguns anos.  
Esses tempos já estão atualizados nos nossos planos, nas nossas Dimensões, como lhes foi dito, mas também sobre a Terra.
É um ponto de equilíbrio, um ponto de ruptura, um ponto de Transcendência, um ponto de elevação, um ponto de Ascensão, onde tudo é novo, onde nada do que se relacionou ao sofrimento, à noção de uma entidade encarnada tem mais sentido, onde o único sentido é aquele da Dança da Vida, do Silêncio, do Amor e da Unidade.
Em resumo, eu diria: “Ame e faça o que lhe dá prazer”, e você vai ver que a única coisa que lhe dá prazer é o Amor.
Porque não há nada mais prazeroso, e o Amor põe fim a todas as ilusões.
É tempo agora de manifestá-lo, no Silêncio interior, é tempo de estar na alegria, e é, aliás, a intensidade da sua Alegria que mede a abertura à sua Eternidade, à Verdade.
Está aí o que acontece quando o Silêncio se revela e assume todo o espaço e todos os tempos.
Eu sou OSHO e eu lhes transmito as saudações do conjunto dos Melquizedeques, do conjunto dos Arcanjos, do conjunto das Estrelas, todos eles inscritos em vocês, nos Pontos, nas Portas, nos lugares que não são mais lugares, mas locais de ressonância.
Gratidão pelo seu acolhimento, gratidão pela sua escuta, gratidão pelo nosso Silêncio conjunto. 
************ 
Mensagem de OSHO RAJNEESH recebida e transmitida por ALTA DE ALTAIR, do Coletivo dos Filhos da Lei do UM:
04 de agosto de 2013 
*** Tradução para o português: Zulma Peixinho