segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Feliz Natal...


Feliz Natal!


Feliz Luz surgindo em seus belos, corajosos e generosos corações!

A Luz não entrou na escuridão, mas sim, foi revelada em meio à escuridão.
A Luz sempre existiu. Todo o Universo é feito de Luz...
Foi em meio a algumas de minhas provações que pude olhar em seus corações e ver a evidência do amor de Deus.
A luz estava em nossas velas...em nosso altar... simbolizando o bebê Recanto da Luz Divina como Jesus em uma manjedoura humilde, ou então, como a flor que cresce através de uma rachadura em uma calçada de concreto... o amor sempre esteve presente em nossas atividades mágico-religiosas... procurando sempre se revelar, procurando sempre crescer.
Celebramos nossas consagrações, porque as nossas consagrações simbolizam nosso amor e respeito aos Mestres de Luz, aos Orixás, às Entidades...
Procuramos emanar amor...vimos amor nos rostos daqueles que estiveram conosco...nos sentimos amados e agraciados pela Espiritualidade Divina...amamos o suficiente para criarmos tudo o que realizamos...
A primeira alma a misturar o concreto adorou a ideia de uma plataforma sólida...
 A primeira pessoa a criar o martelo para quebrá-lo, adorou a ideia da mudança...
 O primeiro Rei Mago a seguir a estrela adorou a ideia de que Deus amou o mundo...
 E vocês, pessoas queridas em meu coração e em minha vida, me permitiram sentir o Amor Divino quando estiveram comigo no Projeto Recanto da Luz Divina...amei suas companhias...amo vocês todos...
Todo o amor é o amor de Deus. Toda a luz é a mesma luz presente na lamparina, na manjedoura. Todos vocês, sem exceção, criam o divino nos lugares e nos espaços mais humildes em suas vidas. Quando dão um sorriso tranquilo para um estranho. Uma palavra gentil para um funcionário. Quando permitem que um motorista apressado e rude passe a sua frente no trânsito... Estes são os momentos em que a inocência e o amor nascem na manjedoura, de novo, de novo e de novo...
Fechemos nossos seus olhos nesta época natalícia. Respiremos profundamente...sentindo a luz em nossos corações... Que possamos todos continuarmos respirando, recebendo e expandindo essa Luz...preenchendo nossos cálices com amor e orando para que o mundo inteiro permita o mesmo...
 Este é o meu desejo para vocês, amigos queridos, um suave lembrete de que a Luz nasce no Natal, a luz que queima na lamparina, no templo, a luz que vive e respira dentro de todos nós, ela nasce no Natal...tempo de renascimento do Amor e que esse Amor Sagrado os envolvam por todos os tempos.
Deus os abençoe!
Recebam meu amor fraterno!
Diva