* TERAPIAS DIVERSAS: AROMAS; BANHOS; CRISTAIS; CORES; ERVAS E MÚSICAS...

Aromaterapia
Conjunto de formas terapêuticas que se vale dos princípios ativos dos óleos essenciais para curar patologias de ordem física, emocional e mental.
Baseia-se em conhecimentos fornecidos pela Farmacognosia e Osmologia (ciência que trata do olfato, da anatomia de seus órgãos e dos odores).
Utilizando os óleos essenciais a aromaterapia trata diversos distúrbios que ocorrem na vida cotidiana do homem. Os princípios ativos dos óleos essenciais oferecem um campo bastante largo para o uso medicinal, agindo sobre a pele, vias respiratórias e principalmente, através do olfato, penetrando sem barreiras em nosso sistema nervoso central.
A penetração cutânea, leva os óleos à corrente sanguínea, sistema linfático, musculatura e órgãos. Desta forma eles protegem, desintoxicam e regeneram.
Pelas vias respiratórias agem como expectorantes, descongestionantes e desinfetantes.
Pelo olfato, sabemos que os aromas trazem consigo informações capazes de influenciar nosso sistema nervoso autônomo, agindo através do sistema límbico e estimulando a glângula pituitária (hipófise) a produzir hormonios.
Desta forma a aromaterapia se vale dos ensinamentos colhidos da farmacognosia e osmologia para curar e influenciar o comportamento do ser humano.

Atualização:
27 JUN 2013
12hs48min P.M.

4 - Critérios de Qualidade:

Quatro fatores formam os critérios de qualidade dos óleos essenciais:

1 - Procedência

a) condições climáticas;
b) solo; e
c) método e época da colheita.

2 - Métodos de Extração

a) destilação a vapor d'água;
b) pressão a frio;
c) extração por soluções químicas; e
d) "enfleurage".

3 - Controle de Qualidade

a) cromatografia gasosa e delgada;
b) espectrofotometria;
c) distorção óptica;
d) testes organolépticos;
e) índice de refração.

4 - Embalagem e Estocagem

a) ambiente fresco e escuro; e
b) frascos à prova de luz (vidro ou alumínio).



3 - Óleos Essenciais: o que são?
Os óleos essenciais são substâncias que ocorrem na natureza, fazendo parte integrante dos vegetais. Raramente conseguiremos analisar uma planta sem encontrar vestígios de óleos essenciais. Os óleos essenciais são produzidos pelos vegetais por diversas razões, fazem parte do sistema imunológico das plantas e são responsáveis pelo aroma característico de cada vegetal. São matéria intercelular, constituídos de anti-sépticos, vitaminas, hormônios e antibióticos, compostos por ácidos, dionas, cetonas, lactonas, cumarinas, terpenos, óleos terpênicos, aldeídos, fenóis, ésteres, éteres e óxidos. Os óleos essenciais têm estruturas moleculares altamente complexas (podemos detectar muitas vezes mais de 200 substâncias diferentes em seu conteúdo). Isso os torna bastante diferentes dos aromas copiados sinteticamente, que na maioria das vezes não possuem mais do que 10 substâncias.
Os óleos essenciais são voláteis e hidrófobos, misturam-se em álcool e óleos vegetais. Ocorrem em diferentes partes dos vegetais: raízes, folhas, flores, frutos, sementes e lenho.
Os óleos essenciais de alta qualidade para o uso osmológico ou aromaterápico provêm de plantas com distintas especificações bioquímicas e botânicas.


Atualização:
27 JUN 2013
8hs38min A.M.

2 - Relação atual entre os seres humanos e os odores:



Qual a função do olfato para o ser humano moderno?
O ser humano moderno, não precisa mais se defender de epredadores, não necessita do olfato para procurar alimentos e tampouco para se acasalar. O olfato para o homem se tornou dispensável à sua sobrevivência, mas indispensável para o alcance do bem-estar. O olfato está mais ligado ao bem-estar do que à sobrevivência.
Para podermos ver esta associação com maior clareza, imaginemos as seguintes situações:
- dentro de um palácio, com esculturas fabulosas, obras de arte nas paredes, cores, mármores, tapetes, etc...num clima de luxo digno de um rei, o odor presente é de peixe podre. Como você se sente? O cheiro provoca mal-estar? Quanto tempo você é capaz de permanecer neste ambiente?
- Dentro de uma cabana, pequena, úmida, com móveis rústicos, sem obras de arte, sem luz, um ambiente com um certo desconforto, mas o cheiro de lavanda domina o ambiente.
Onde você se sentiria melhor, no palácio ou na cabana?
O cheiro faz parte de um mundo que incomoda ou dá prazer. O cheiro atrai ou repele.
Os cheiros mostram aos seres humanos aquilo que está em afinidade com eles. Um cheiro de um produto químico tóxico incomoda, repele e tráz mal-estar, podendo provocar dor de cabeça e ânsia de vômito.
O cheiro de uma flor atrai, conforta e promove o bem-estar. Um cheiro bom acalma e nos equilibra. Com o corpo e a mente em equilíbrio fica muito mais difícil qualquer tipo de doença se alojar.
A relação do homem moderno com os odores está estreitamente ligada ao bem-estar.
A Organização Mundial de Saúde (O.M.S.) define saúde como sendo o estado de perfeito bem-estar físico, emocional e psíquico com ausência completa de qualquer tipo de doença e fraquezas.
Com esta rígida definição podemos observar quão longe a condição de vida do homem moderno está de ser saudável.
A aromaterapia se propõe basicamente a auxiliar o homem a alcançar o bem-estar, que é a base do equilíbrio e da saúde.
Continua em próxima e breve postagem...acompanhem...

Fonte:
World's Natural Fragrancies
Óleos Essenciais & Óleos Vegetais
Fernando Amaral
Osmólogo CGH - Suíça



O óleo essencial de lavanda lava, limpa...
o de eucalipto desinfeta, higieniza...
e o óleo de tangerina traz alegria e satisfação...
Oito horas para trabalhar, oito para descansar, oito para se cuidar!
Fonte: Claudiaaroma



Banhoterapia



Atualização:
25 JUN 2013
3hs48min P.M.

Ervas Frescas e Ervas Secas - Diferença
"Há quem se divida nessa discussão. E não são poucos.
Alguns adeptos de religiões de matriz africana afirmam piamente que as ervas secas estão mortas. Não admitem em hipótese alguma o uso desses exemplares da natureza já desprovidos de água.
São elementos que passaram por uma transformação. Da sua forma original foi retirado o líquido, a essência aquática. Mas isso não é ruim, não. É apenas diferente e muito apropriado para algumas práticas. O fato da erva ter passado por esse processo transformador fez com que ela carregasse em si o próprio fator de transformação. A energia fica muito mais concentrada. Mas precisa ser acordada. É ai que começa a falta de conhecimento de quem as critica.
Acordar uma erva seca requer fé. É necessário acreditasr que o elemento está vivo, ativo, vibrante e naquele momento está apenas em estado de dormência. As ervas secas normalmente são colhidas por pessoas que não conhecemos. Em situações que não sabemos. Por exemplo, não sabemos se, ao colher a erva, o indivíduo que o fez estava de tão mau humor, captando energias negativas do astral, que impregnou as ervas dessa essência densa.
E então, fazer o que?
Pois bem, para colhermos a erva devemos nos dirigir com Amor e Bom Senso, muito respeito mesmo ao espírito vegetal. Esse mesmo espírito vegetal continua animando a erva depois de seca. Numa forma e essência diferentes.

Reza para acordar a erva seca:

Amado Pai Criador de tudo e de todos nós,
Amada Mãe Terra, força viva e geradora de tudo o que conhecemos e também do que desconhecemos,
Sagradas Forças Vegetais,
peço que tornem novamente essa força viva e ativa, capaz de responder aos meus estímulos e solicitações de cura e amparo energético e façam cada vez mais de mim, instrumento de vossa vontade maior.
Assim seja e assim será."

Fonte:
Livro Rituais com Ervas
Banhos, Defumações e Benzimentos
Adriano Camargo

P.S.: VALE MUITO A PENA ADQUIRIR UM EXEMPLAR DESTE LIVRO TÃO RICO EM ENSINAMENTOS E TÃO GOSTOSO DE LEITURA.

Atualização:
25 JUN 2013
3hs33min P.M.

Ativação do Poder Realizador das Ervas:
"As ervas têm alma, personalidade e sentimentos tão envolventes como qualquer ser vivente na natureza, inclusive o homem. É essa a energia, a força que evocamos. O espiírito vegetal.

Evocação Básica:
Eu clamo a Deus, nosso Aamado Pai Criador,
clamo a Mãe Terra,
vossas forças vegetais, o sagrado espírito vegetal,
e peço que abençoe esse banho, defumação, chá, etc.,
para meu benefício e benefício de meus semelhantes,
assim seja, e assim será."

Fonte:
Livro Rituais com Ervas
Banhos, Defumações e Benzimentos
Adriano Camargo



Atualização:
25 JUN 2013
3hs19min P.M.

 Ativando um Banho de Ervas:
Pai Criador...
Mãe Natureza, eu vos clamo, saúdo e reverencio
e peço que abençoem esse banho de ervas 
com Vosso Poder Divino e Forças Naturais
para que seja força viva, ativa, curadora, limpadora e regeneradora 
de meu espírito e do meu físico,
dentro do meu merecimento.
Peço também que se houverem ligados a mim
espíritos ou formas de vida conscientes ou não,
sejam também alcançados por esse local de origem ou merecimento,
de acordo com a Lei Maior e a Justiça Divina.
Peço energia, força, consciência, discernimento, saúde, caminhos abertos, prosperidade e proteção em todos os sentidos.
Amém. Muito obrigado!
Assim seja e assim será!

Fonte:
Livro Rituais com Ervas
Banhos, Defumações e Benzimentos
Adriano Camargo



Atualização: 
10 MAI 2013
8hs20min A.M.

O Poder das Ervas, segundo o Espírito  de André Luiz, do livro Nosso Lar:

"Comecei o trabalho procurando esclarecer os espíritos perturbados que se mantinham ligados ao doente. Mas tinha muita dificuldade, pois estava muito abatido. Lembrei o quanto seria bom ter a colaboração de Narcisa e tentei. Concentrei-me em profunda oração a Deus e, nas vibrações da prece, me dirigi a ela pedindo socorro.
Contei-lhe, em pensamento, o que estava acontecendo comigo, informando minhas intenções de ajudar, e insisti para que não deixasse de me socorrer.  Foi então que aconteceu o que eu não esperava. Depois de 20 minutos, mais ou menos, quando eu ainda não havia terminado minha prece, alguém me tocou de leve no ombro. Era Narcisa, que me atendia sorrindo:- Ouvi seu apelo, meu amigo, e vim ao seu encontro. Fiquei muito feliz. A mensageira do bem olhou o quadro, compreendeu a gravidade da situação e disse:- Não temos tempo a perder. Antes de qualquer coisa, aplicou passes de alívio ao doente, isolando-o das formas escuras, que se afastaram imediatamente. Em seguida, me chamou decidida:- Vamos à natureza. Acompanhei-a sem vacilar e ela, notando meu espanto, disse:- Não é só o homem que emite e recebe fluidos. As forças naturais fazem o mesmo, nos vários reinos em que se subdividem. Para o caso do nosso doente, precisamos das árvores. Elas vão nos ajudar com eficiência. Admirado com a nova lição, segui com ela em silêncio. Quando chegamos a um local onde havia árvores enormes, Narcisa chamou alguém, com palavras que não pude entender. Logo em seguida, oito entidades espirituais atendiam ao chamado. Muito surpreso, vi Narcisa perguntar onde poderia encontrar mangueiras e eucaliptos. De posse da informação dos amigos, que eram totalmente estranhos para mim, a enfermeira explicou:- Estes irmãos que nos atenderam são trabalhadores do reino vegetal. E, diante da minha surpresa, concluiu:- Como você vê, não existe nada inútil na casa de Deus. Em toda parte há quem ensine, se houver quem precise aprender. E onde surge uma dificuldade, surge também a solução. O único infeliz na obra divina é o espírito irresponsável que se condenou às trevas da maldade. Em alguns minutos, Narcisa preparou certa substância com as emanações do eucalipto e da mangueira e, durante toda a noite, aplicamos aquele remédio ao doente, pela respiração comum e pelos poros. Ele melhorou muito. Pela manhã, logo cedo, o médico afirmou muito surpreso:- Ele teve uma reação incrível esta noite!
Um verdadeiro milagre da natureza."

 

Atualização: 
10 MAI 2013
8hs20min A.M.


Banhos de Mar


Ótimos para descarrego e para energização, principalmente sob a vibração de Iemanjá.

Podemos ir molhando os chacras à medida que vamos adentrando no mar, pedindo licença para o povo do mar e para Mamãe Iemanjá. No final, podemos dar um bom mergulho de cabeça, imaginando que estamos deixando todas as impurezas espirituais e recarregando os corpos de sutis energias. Ideal se realizado em mar com ondas e sob o sol.



Atualização: 
10 MAI 2013
8hs7min A.M.


DICAS TERAPÊUTICAS

AROMATERAPIA - Os banhos

REVIGORANTE
Acredita-se que as propriedades aromaterapêuticas de tangerina são capazes de proporcionar alegria e aquecimento do corpo. Misturar algumas gotas de óleo essencial de tangerina e maracujá numa banheira de água quente e tomar um banho nessa imersão pode revigorar o corpo e por um fim ao desgaste mental.

ESPANTAR O MAU OLHADO
Prepare uma infusão com dentes de alho, folhas de alecrim, arruda, guiné e espada de São Jorge, pétalas de rosa branca e um punhado de sal grosso. O efeito é tiro e queda.

EQUILÍBRIO
A combinação do leite com os óleos essenciais de rosa e sândalo é capaz de equilibrar as polaridades do corpo e despertar a criatividade, além de purificar os sentimentos.

ANTI TPM
O óleo essencial de gerânio é considerado um fito-hormônio natural, capaz de interferir na libido feminina, estimular o sistema linfático, diminuir a retenção de líquidos, e equilibrar as oscilações de humor típicas do período pré-menstrual. Misture 2 a 3 gotas do óleo num litro de água mineral e enxágue o corpo com esse líquido após o banho normal.

ESTIMULANTE
O cravo da índia é um potente estimulante. Quem tem problemas para acordar de manhã ou está se sentindo muito cansado pode preparar uma infusão junto com um punhado de sal grosso e despejá-la sobre o corpo. Evite fazer esse sal à noite.

Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário

  

Atualização:
1 MAI 2013
15hs06min

OS BENEFÍCIOS QUE O BANHO  PODE TE PROPORCIONAR

            Água morna caindo, corpo relaxando, mente desligando e você sozinha com tempo para si mesma! Desfrute seu banho: faça os problemas escorrerem pelo ralo e saia de alma lavada.
            Você vive correndo. Correndo e se dividindo. Pensa nos filhos quando está no trabalho. Lembra que precisa fazer supermercado quando está com os filhos. Planeja um jantar romântico quando está no supermercado. E nunca pára. E está sempre pensando. Mas, quando você entra no chuveiro, vai para um mundo particular e silencioso. Experimenta um momento só seu (muitas vezes o único do dia!). E é assim com quase todas nós.
            Veja a seguir o que uma boa chuveirada pode fazer por você.
            Esponja e sabonete na mão e, de repente, uma ideia brilhante na cabeça. Não estranhe, esse é um dos efeitos colaterais de uma boa chuveirada. Nela, você relaxa e há uma desaceleração da frequência cerebral, as ondas mentais ficam mais suaves, próximas ao conhecido estado alfa. Quando isso acontece, você sai de uma situação de alerta e abre para diferentes estados de consciência, promovendo novas percepções e muitas vezes soluções para problemas, explica Julio Peres, psicólogo clínico e doutor em neurociências e comportamento pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP). É um efeito semelhante ao da meditação com a vantagem de que, com ou sem tempo, as pessoas acabam tomando banho todos os dias. O mesmo não acontece com a meditação, diz o neurocientista. Quando as coisas parecerem sem saída, entre no chuveiro sem culpa, é por uma boa causa. Mas, para ter efeito, não adianta ligá-lo e esperar cair uma idéia com as gotas de água. O segredo é relaxar, esquecer-se do seu dia e deixar os pensamentos fluírem só assim as novas conexões aparecem.
            Você não precisa criar um ritual especial para desfrutar todos os benefícios do banho. Uma chuveirada por si só já tem função terapêutica. A água caindo massageia o seu corpo mesmo que você não perceba, explica Roberto Nogueira, fisiologista em São Paulo. Mas, se você quiser aproveitar seus minutos dentro do boxe, pode alternar água quente e fria, numa combinação que se chama banho contrastado, como ensina o fisiologista. Comece com uma ducha quente. Vá aos poucos esfriando a água, e sinta essa mudança gradual com o próprio corpo, principalmente com as extremidades. Fiquem três minutos em cada temperatura. Esse procedimento acelera a circulação, porque faz os vasos se expandirem e contraírem e estimula o sistema linfático. Quando desliga o chuveiro, você se sente mais leve, purificada e revigorada, garante. Aqui vale um lembrete: reserve esse método para dias especiais a fim de não gastar muita água.
            Quem nunca foi para o banheiro preocupado e saiu com um humor completamente diferente? Um banho quentinho remete à proteção do útero materno o momento em que nos sentíamos protegidas e acolhidas. É como se voltasse na sua mente a lembrança de um momento de paz, explica Suzy Camacho, psicóloga de São Paulo. Além disso, essa sensação gostosa gera no cérebro a liberação de uma série de substâncias que acalmam. Para esse momento ser ainda mais relaxante, experimente pingar três gotas de óleo essencial de lavanda no chão do boxe, antes de ligar o chuveiro. Quando a água começar a cair, vai fazer uma espécie de infusão, você inala o perfume e começa a sentir os benefícios, diz Samia Malouf, psicóloga e aromaterapeuta, de São Paulo. Se você estiver se sentindo estafada, pingue óleo essencial de alecrim. Caso esteja tristinha, prefira o de laranja, que dá alegria e bem-estar, de acordo com a aromaterapeuta.


Atualização:
1 MAI 2013
14hs57min

 O MAGNETISMO DO BANHO
O contato da água no corpo provoca um estímulo magnético que percorre todo o organismo, deixando-o calmo, e preparando-o para o sono reparador ou para as lutas de cada dia.
O banho diário, quando encontra na mente apoio, torna-se um passe.
Além das virtudes curativas da água, enxertar-se-ão fluidos magnéticos, de acordo com a irradiação da alma.
A disciplina dos pensamentos é uma fonte de bem-estar na hora da higiene do instrumento carnal.
No instante do banho é preciso que se entenda a necessidade da alegria, que nosso pensamento sustente o amor, até um sentimento de gratidão à água que nos serve de higiene.
 Visualize, além da água que cai em profusão, como fluidos espirituais banhando todo o seu ser.
O impulso dessa energia destampa em nosso íntimo a lembrança da fé, da esperança, da solidariedade, do contentamento e do trabalho.
 Por este motivo, banho e passe, conjugados, são uma magia divina ao alcance de nossas mãos.
 O chuveiro seria como um médium da água e dele sai o fluido que vivifica o corpo.

Poder-se-á vincular o banho ao passe, e ele poderá ser uma transfusão de energias eletromagnéticas, dependendo do modo pelo qual nós pensamos enquanto nos banhamos.
 Uma mente ordenada na alta disciplina e pela concentração, em segundos, selecionará, em seu derredor, grande quantidade de magnetismo espiritual e os adicionará, pela vontade, na água que lhe serve de veículo de limpeza física, passando a ser útil na higiene psíquica.
 Observem que, ao tomar banho, sentimo-nos comovidos, a ponto de nos tornarmos cantores!
 E a alegria advinda da esperança nos chega da água, que é portadora dos fluidos espirituais, que lhes são ajustados por bênção do amor.
 O lar é o nosso ninho acolhedor, e nele existem espíritos de grande elevação, cuja dedicação e carinho com a família nos mostrará como Deus é bom.
 Essa assistência atinge, igualmente, as coisas materiais, desde a harmonização até o preparo das águas que nos servem.
 Quantas doenças surgem e desaparecem sem que a própria família se conscientize disso?
 É a misericórdia do Senhor pelos emissários de Jesus, operando na dimensão oculta para os homens, e encarregados de assistir ao lar.
 Eles colocam fluidos apropriados nas águas para o banho, e nas que bebemos.
 E, quando eles encontram disposições mentais favoráveis, alegram-se pela grande eficiência do trabalho.
 Na hora das refeições, é sagrado e conveniente que as conversas sejam agradáveis e positivas.
 No momento do banho, é preciso que ajudemos, com pensamentos nobres e orações, para que tenhamos mãos mais eficientes operando em nosso favor.
 Se quisermos quantidade maior de oxigênio nitrogenado, basta pensarmos firmemente que estamos recebendo esses elementos, e a natureza nos dará isto, com abundância.
 É o "pedi e obtereis", do Cristo.
 E, com o tempo, estaremos mestres nessa operação que pode ser considerada uma alquimia.
 A alegria tem também bases físicas.
 Um corpo sadio nos proporcionará facilidades para expressar o amor.
 Quando tomar o seu café pela manhã, tome convicto(a) de que está absorvendo, juntamente com os ingredientes materiais, a porção de fluidos curativos, de modo a desembaraçar todo o miasma pesado que impede o fluxo da força vital em seu corpo.
 E sairá da mesa disposto(a) para o trabalho, como também para a vida.

Despeça-se de sua família com carinho e atenção, e deixe que vejam o brilho otimista nos seus olhos, de maneira a alegrar a todos que o amam; assim, eles lhe transmitirão as emoções que você mesmo despertou neles e isso lhe fará muito bem.
Lembre-se de que um copo de água que tome, onde quer que seja, pode ser tomado e sentido como um banho e passe internos.
 Não se esqueça de bebê-lo com alegria e amor, lembrando com gratidão de Quem lhe deu essa água tão necessária, pois se ela vem rica de dons espirituais, aumentará a sua conexão com o divino poder interno.
 É muito bom estar consciente a cada coisa que nos acontece e estar agradecido, se sentindo abençoado(a) e cheio(a) de amor.
 A consciência, a gratidão e o amor são dois caminhos paralelos, que a felicidade percorre com alegria.

André Luiz - Chico Xavier



Banhoterapia


O poder dos banhos de ervas medicinais é consagrado milenarmente em diversas culturas.
A ciência reconhece cada vez mais a fitoterapia, a Medicina Tradicional Chinesa e outras.
É da sabedoria popular que banho de sais “descarregam” (limpam) as energias negativas acumuladas.
Essas energias vão sendo produzidas conforme produzimos pensamentos ruins ou sentimos algumas emoções.
Exemplo de pensamentos ruins: Pessimismo, negativismo, a inveja, pensar mal de alguem, etc...
Exemplo de emoções ruins: A Raiva, o medo, a tristeza e qualquer outro descontrole emocional.
Esses resíduos energéticos que produzimos no dia a dia vão se acumulando ao redor do nosso corpo físico (campo eletromagnético) no chamado corpo astral, de forma etérea, sutil, invisível, como a maioria das energias que conhecemos (calor, ondas sonoras, eletricidade, etc,..).
O acúmulo desses resíduos (miasmas) abrem poros, buracos na nossa aura. São por esses poros que permitimos sermos influenciados por energias externas.
As energias externas podem ser mentais, emocionais e até espirituais (a obsessão espiritual para quem não sabe faz parte dos distúrbios reconhecidos pela Organização Mundial da Saúde O.M.S.).
As mentais são facilmente exemplificadas pela inveja, OLHO GORDO; as emocionais pela RAIVA e espirituais por obsessões.
Dependendo da quantidade e da qualidade das energias que penetram nossas auras, podemos atrair uma série de acontecimentos, como exemplo: AZAR (acontecimentos desfavoráveis de todos os tipos, um pneu furado, acidentes,etc...), dores de cabeça, dores pelo corpo e até doenças importantes.
Pois os banhos Haneshy tem o poder de limpar esses resíduos através da composição dos seus saches:
Água: A água por sí só já tem certo poder de retrair nossa aura. Além de ser o veículo de transporte.
Sais: Por serem ionizados tem o poder de Descarregar energias (de forma física e sutil)
Ervas: Pelo fato do sal descarregar muito todas as energias, há a necessidade em inserir ervas tonificantes na composição.
Essas ervas trazem uma energia de otimismo, planejamento, organização e execução. Ou seja, uma sensação de bem estar por que é realmente  o que acontece, você fica mais concentrado em "VOCÊ", no seu íntimo. E como em tudo que você volta a atenção "melhora", é o que acaba  acontecendo após o banho.
Aromas: A aromaterapia muda uma sensação agradável em uma emoção agradável. e essa emoção agradável gera um pensamento positivo. Que se traduz também em "Bem Estar".
Toda essa limpeza dos banhos restabelece nosso Equilíbrio - Mental, emocional e até mesmo físico!      Para a vida prosperar como um todo!

  Haneshy - seu banho diferente


Cristaloterapia





Desde há milênios que os cristais são utilizados para terapias e para o restabelecimento do equilíbrio.
Funcionam através da ressonância e da vibração.
É possível obter benefícios com cristais para complicações comuns, uma vez que se tratam de remédios eficazes para primeiros socorros, especialmente quando são elaborados a partir de essências de gemas.
Alguns cristais contêm minerais conhecidos pelas suas propriedades terapêuticas. O cobre, por exemplo, reduz o inchaço e a inflamação. A Malaquite contém uma elevada concentração de cobre, que alivia as dores musculares e das articulações.
Os cristais são utilizados nas práticas médicas modernas. Os xamãs e os terapeutas de cristais dos tempos antigos já estavam familiarizados com a capacidade que os cristais têm de concentrar vibrações de som e de luz num feixe, que era em seguida utilizado na terapia. Rodar uma varinha de cristal na pele provoca uma compressão que liberta um feixe concentrado no órgão que se encontra por baixo.
Os antigos terapeutas também sabiam que enquanto alguns cristais são fontes de energia ou calmantes, existem cristais que tanto têm um efeito sedativo num órgão hiperativo, como estimulam um órgão inativo, como por exemplo a Magnetite.
Há cristais que curam rapidamente, podendo provocar uma crise de cura, enquanto outros produzem os seus efeitos de uma forma bastante mais lenta.
Se quiser lidar com a dor – um sinal de que algo não está bem no seu corpo – pode fazê-lo com os cristais. A dor pode resultar de um excesso de energia, de um bloqueio ou de uma debilidade. Um cristal frio e calmo como o Lápis-lazúli ou o Quartzo Roséo tem um efeito calmante, enquanto a Cormalina tem um efeito estimulante, sendo o Quartzo Catedral excelente para o alivio da dor, independentemente da sua causa.
Os cristais são excelentes para lidar com dores de cabeça. O Lápis – Lazúli desvanecerá rapidamente uma enxaqueca. Mas é necessário saber de onde provém a dor de cabeça. Se for causada por stress, uma pedra de Ametista, Âmbar ou Turquesa colocada na sobrancelha aliviará a dor. Se estiver relacionada com comida, deve-se utilizar uma pedra apropriada, que acalme o estômago, tal como a Pedra da Lua ou a Citrina.
Fonte: “A Bíblia dos Cristais” de Judy Hall.

A Energia dos Cristais



Cada cristal tem vários níveis de energia. Basicamente, o seu nível mais interior - o núcleo - mantém a sua integridade apesar das energias desarmônicas. Já os níveis secundários são relativamente sensíveis ao meio ambiente energético e, à medida que as energias estáticas se acumulam nestes níveis, podem bloquear a emissão energética do cristal. De forma geral, a força áurica de um cristal repelirá um percentual significativo de energia negativa. São as energias fortes e constantes que mais afetam o cristal. Assim sendo, quando estiver sentindo raiva, frustração, tristeza, ou quando ocorreu alguma briga ou discussão no local em que estão dispostos, não se afaste de seu cristal; mas assim que ele tiver cumprido com a sua missão de aliviar este sentimento, trate dele com carinho limpando-o e energizando-o. Lembre-se que ao adquirir um cristal antes de mais nada devemos limpá-lo.
A energia que sai dos Cristais, é uma composição dos elementos da natureza e de raios vibracionais, que absorvidos pelo corpo humano, desbloqueiam e alinham os chacras, que são os sete centros de energia.

Cada Cristal tem uma função específica, variando de acordo com seu tamanho e coloração, os mais comuns são os de Quartzo (transparente), por ser fácil de alinhar qualquer chacra, os coloridos são usados acima de cada chacra, para problemas específicos. A Druza sendo um Cristal grande e de várias pontas, é excelente para limpar ambientes e os cristais menores.

Métodos de Limpeza

Pegue uma bacia de vidro ou de plástico ( não pode ser de alumínio), coloque água e sal grosso, deixando os cristais submersos por 24 horas ou mais.
Separe os cristais a serem limpos, deixe-os exposto à chuva forte, desta maneira eles descarregarão as energias negativas para a terra.
Ascenda um incenso de seu gosto e assopre a fumaça em direção aos cristais. Faça este processo 3 vezes.
Deixe o cristal completamente enterrado por um dia inteiro, para que ele absorva as energias renovadas da terra. Passe o cristal rapidamente em água corrente, apenas para remover a terra.

Métodos de Energização

Para quem mora perto de um rio ou riacho, é uma ótima opção, deixar a água da correnteza cair sobre os cristais.
Deixe os cristais exposto à luz solar, no mínimo por seis horas, ou deixe exposto a luz lunar, ficando a noite inteira.
Pegue um ou dois cristais de cada vez. Segure-os na mão, deixando a água da torneira cobrir os cristais, imaginando uma luz dourada penetrando no cristal. Permaneça com os cristais na água por 2 minutos ou mais.
Enterre os cristais e deixe-os por 24 horas.
Deixe os cristais perto de uma Drusa (Quartzo transparente com várias pontas).

Normalmente, tudo aquilo que pode energizar o ser humano, também energiza o cristal: Sol/Lua; pirâmides (de preferência de cobre); arco-íris; tempestades. Alguns cristais não devem ficar muito tempo exposto a luz solar, são os casos da Ametista, do Quartzo Rosa, Quarto Verde e outros, pois a luz do sol os fazem perder sua tonalidade. Uma outra forma de energizar seria deixar o cristal exposto a luz do luar, ou exposto a tempestades, de preferência aquelas com relâmpagos e trovões.

Métodos de Programação

Depois de limpo e energizado, os cristais podem ser programados para determinados fins, para isso, olhe fixamente para o cristal e mentalmente peça a ele que realize uma tarefa específica, lembre-se que você deve estar em um ambiente calmo e tranquilo. A programação de um cristal nada mais é que a introdução de uma imagem energética na estrutura do cristal para que ele processe estas imagens e devolva ao seu emissor.

Para programar um cristal, tendo ele em suas mãos, visualize claramente uma imagem, seja para harmonia, amor, segurança - sempre imagens positivas e, quando a imagem estiver bem nítida, direcione-a para dentro do cristal. Faça isso segurando o cristal em sua mão direita e  depois leve-o para a altura do seu terceiro olho (entre a sobrancelhas). Mande a imagem para dentro do cristal.

Visualize claramente a imagem e, mantendo esta forma de pensamento, fale em voz alta para o cristal.

Neste método, você estará utilizando tanto a forma mental quanto a vibração da sua voz. Sinta a emoção que você quer manter em seu cristal ou naquele que você irá presentear a alguém.

Importante: a programação feita para o cristal, pode ser anulada se ele for colocado sobre o forno de microondas, televisores, ou qualquer equipamento eletroeletrônico.

Faça a programação usando as palavras no tempo do verbo presente. Não pense em palavras conjugadas no tempo futuro, como também evite pensar em palavras do tipo: "não", "jamais", "dívida", "mágoa" etc. A programação é feita após a limpeza do cristal.

Quando quiser mudar uma programação, basta limpar novamente seu cristal.

Usos Diversos

Banhos - Para obter um efeito de Energização, escolha alguns cristais de sua preferência e coloque-os na banheira. Após o banho, você deverá limpá-los e energizá-los novamente.

Energização de ambientes - Escolha alguns cristais e coloque-os dentro de um vidro com água, um deles precisa ser quartzo. A medida que a água dentro do vidro for ficando escura, troque-a e lave os cristais.

Uso pessoal - Escolha um cristal e coloque-o dentro de um veludo, carregue-o na bolsa ou em qualquer outro lugar de sua escolha. O cristal também pode ser usado dentro do travesseiro enquanto você dorme.

Plantas - Coloque um cristal de sua preferência perto da raiz da planta a ser energizada. Para ser absorvida a energia de um cristal, vire a ponto do cristal de modo que fique direcionado à você. Se for passar energia para outra pessoa, direcione a ponta do cristal para a pessoa que irá receber a energia.

Lembrete: Com a mão direita projetamos, enviamos energia para o cristal e com a mão esquerda estamos recebendo a sua energia.





 Utilizando as Pedras e Cristais - Saúde em Geral
Factores Emocionais, Mentais e Psicologicos



Abertura – Calcita Vermelha, Brasilianita, Lepidolita, Quartzo (Cristal), Quartzo Elestial, Selenita, Smithsonita.
Abundância – Ágata Dendrítica, Amazonita, Citrino, Diamante, Diamante Herkimer, Esmeralda, Granada, Heliotrópio, Malaquita, Pedra do Sol, Pirita, Piromorfita, Quartzo Olho de Tigre, Rubi, Shattuckita, Topázio Imperial, Zircão.

Abuso Sexual - Crocoíta, Dioptásio, Rodocrosita.

Aceitação – Ajoíta, Apatita, Bixbita, Calcita Laranja, Crisoprásio, Hemimorfita, Jaspe Vermelho, Lepidolita, Nefrita, Quartzo Vermelho, Rodocrosita, Rodonita, Sílica Gema, Thulita, Smithsonita, Turquesa, Vanadinita.

Adaptação – Calcantita, Coral, Crisocola, Quartzo (Cristal Ísis), Smithsonita, Vanadinita.

Afeto – Crisocola, Hemimorfita, Kunzita, Larimar, Quartzo (Cristal Ísis), Quartzo Rosa, Rodocrosita, Sílica Gema.

Alegria – Ágata de Botswana, Alexandrita, Amazonita, Aventurina, Escolecita, Hemimorfita, Larimar, Quartzo (Cristal Arco-íris), Rubelita, Rubi, Sílica Gema, Smithsonita.

Alienação – Ametista, Azurita, Diamante, Diamante Herkimer, Sugilita.

Altruísmo – Âmbar, Diamante Herkimer, Granada, Hemimorfita, Jadeíta, Malaquita, Serpentina, Sugilita.

Alucinações – Ametista, Jadeíta, Jaspe Paisagem, Opala, Pedra da Lua, Quartzo (Cristal Elestial), Rubi, Sugilita, Verdelita.

Amizade – Ajoíta, Hemimorfita, Kunzita, Larimar, Quartzo (Cristal Gêmeos Tântricos), Rodocrosita, Smithsonita.

Amor – Ajoíta, Apatita, Dioptásio, Espinélio (róseo), Hemimorfita, Kunzita, Larimar, Malaquita, Peridoto, Quartzo (Cristal), Quartzo Rosa, Rodocrosita, Rubelita, Sílica Gema, Smithsonita, Turquesa.

Ancoramento – Ágata de Botswana, Alabastro, Calcita Vermelha, Charoíta, Espinélio (vermelho, preto), Galena, Granada, Hematita, Jaspe, Madeira Petrificada, Magnetita, Malaquita, Obsidiana, Ônix, Quartzo (Cristal Elestial), Quartzo Enfumaçado, Quartzo Vermelho, Rubi.

Ânimo – Cornalina, Crocoíta, Peridoto, Piromorfita.

Animosidade – Crisocola, Rodocrosita.

Ansiedade – Ágata Azul Rendada, Âmbar, Ametista, Apatita, Aventurina, Citrino, Coral Negro, Crisocola, Diamante, Diamante Herkimer, Fluorita, Lápis Lázuli, Larimar, Malaquita, Pedra da Lua, Pedra do Sol, Peridoto, Quartzo Rosa, Rodonita, Rubelita, Safira, Sílica Gema, Smithsonita, Thulita, Topázio Imperial, Turquesa.

Antipatia – Granada, Hemimorfita, Jaspe Vermelho, Larimar, Lepidolita, Rodocrosita, Turquesa.

Apatia – Cornalina, Crocoíta, Malaquita, Opala Negra, Peridoto, Piromorfita, Quartzo Rosa.

Apego – Magnetita, Obsidiana, Quartzo (Cristal Elestial).

Aperfeiçoamento – Crisoberilo, Diamante, Diamante Herkimer, Quartzo (Cristal), Rubi.

Apreciação das Artes – Amazonita, Quartzo (Cristal Arco-íris), Quartzo Rosa.

Arrependimento – Quartzo (Cristal Elestial), Quartzo Rosa.

Arrogância – Crisocola, Rodocrosita.

Assertividade – Cinábrio, Cornalina, Crocoíta, Malaquita, Quartzo Enfumaçado, Rubi.

Atenção (estado de alerta) – Ágata de Botswana, Azurita, Pérola, Quartzo Olho de Falcão.

Atitude – Azurita, Lepidolita, Malaquita, Piromorfita, Rubi.

Atração – Opala negra, Sodalita, Zincita.

Autocomiseração – Calcita Rosa, Calcita Violeta (Cobaltocalcita), Hemimorfita, Quartzo (Cristal Ísis), Quartzo Rosa, Rubelita.

Auto-estima – Alexandrita, Calcita Rosa, Calcita Violeta (Cobaltocalcita), Diamante, Diamante Herkimer, Granada, Hematita, Hemimorfita, Kunzita, Larimar, Lepidolita, Quartzo Rosa, Quartzo Vermelho, Rodonita, Rubelita, Rubi, Smithsonita, Thulita, Turquesa.

Auto-respeito – Barita, Hemimorfita, Malaquita, Quartzo Rosa, Rubi.

Autovalor – Crisoberilo, Dioptásio, Hemimorfita, Malaquita, Quartzo Rosa, Quartzo Vermelho, Rubi.

Bem estar – Ajoíta, Aventurina, Barita, Cornalina, Crisocola, Hemimorfita, Larimar, Pirita, Quartzo (Cristal), Sílica Gema, Smithsonita, Turquesa, Verdelita.

Bloqueios Emocionais – Charoíta, Citrino, Dioptásio, Kunzita, Larimar, Malaquita, Obsidiana, Quartzo (Cristal Elestial), Rodocrosita, Selenita, Sodalita, Tempest Stone, Topázio Imperial.

Bloqueios Mentais – Azurita, Dioptásio, Quartzo (Cristal Elestial), Selenita.

Bloqueios Psicológicos – Diamante, Diamante Herkimer, Dioptásio, Obsidiana, Quartzo (Cristal Elestial), Quartzo Enfumaçado, Selenita, Sugilita.

Boa Impressão – Euclásio, Hemimorfita, Smithsonita.

Boa Vontade - Halita, Larimar, Smithsonita.

Bom Humor - Ágata Azul Rendada, Ajoíta, Hemimorfita, Larimar, Quartzo (Cristal Arco-íris), Smithsonita.

Bondade – Espinélio (róseo), Quartzo (Cristal Ísis), Quartzo Rosa, Sílica Gema.

Calma – Amazonita, Ametista, Aventurina, Crisocola, Hemimorfita, Howlita, Indicolita, Larimar, Nefrita, Pedra da Lua, Sílica Gema, Turquesa.

Caos – Tempest Stone.

Caráter - Crisântemo, Diamante, Diamante Herkimer, Rubi.

Carência Afetiva - Calcita Rosa, Larimar, Quartzo Rosa, Rodocrosita, Sílica Gema, Smithsonita.

Carinho - Ágata Azul Rendada, Crisocola, Kunzita, Larimar, Quartzo (Cristal Ísis), Rodocrosita, Smithsonita.

Ceticismo – Calcita Laranja.

Charme Pessoal – Hemimorfita, Smithsonita.

Ciúmes – Crisocola, Diamante, Quartzo Rosa, Rodocrosita, Topázio Incolor.

Clareza – Água Marinha, Albita, Alexandrita, Azurita, Calcita Ótica, Charoíta, Citrino, Crisoprásio, Diamante, Diamante Herkimer, Euclásio, Lápis Lázuli, Opala, Peridoto, Quartzo (Cristal), Rodocrosita, Safira, Selenita, Shattuckita, Smithsonita, Sodalita.

Coerência – Rodonita, Thulita, Rubi.

Colaboração – Jade do Transvaal, Quartzo (Cristal Catedral), Vesuvianita, Vivianita.

Compreensão - Ajoíta, Azurita, Crisocola, Jaspe, Pirita, Rodocrosita, Sílica Gema, Sugilita, Topázio Imperial, Turquesa, Vivianita.

Comunicação – Água Marinha, Ajoíta, Albita, Crisocola, Espinélio (azul), Euclásio, Larimar, Rodocrosita (amorosa), Sílica Gema, Sodalita, Topázio Azul, Turquesa, Vivianita.

Concentração – Azurita, Lápis Lázuli, Quartzo (Cristal), Topázio Imperial, Turmalinas (todas).

Condicionamentos Mentais – Charoíta, Granada, Obsidiana.

Confiança – Charoíta, Cornalina, Hemimorfita, Magnetita, Malaquita, Rubi, Smithsonita, Variscita.

Confusão Mental - Apatita, Azurita, Charoíta, Diamante, Diamante Herkimer, Quartzo (Cristal), Selenita, Tempest Stone.

Consciência - Ametista, Azurita, Charoíta, Diamante, Diamante Herkimer, Quartzo (Cristal), Rubi, Safira, Selenita, Sílica Gema, Sugilita, Uvarovita.

Constância – Zircão.

Continuidade – Zircão.

Controle – Crisoprásio, Goshenita, Ônix, Quartzo Enfumaçado.

Cooperação - Albita, Quartzo (Cristal Catedral), Vesuvianita, Vivianita.

Coordenação - Azurita, Goshenita, Quartzo Enfumaçado.

Coragem - Ametista, Bixbita, Cornalina, Crisoprásio, Crocoíta, Granada, Heliotrópio, Jadeíta, Sodalita.

Correção – Euclásio, Smithsonita.

Covardia - Bixbita, Cornalina, Crocoíta, Granada.

Crenças - Adamita, Azurita, Calcantita, Calcita Verde, Halita, Lepidolita, Madeira Petrificada, Obsidiana, Opala Negra, Quartzo (Cristal Elestial), Safira.

Criança Interior – Ágata Azul Rendada, Calcita Violeta (Cobaltocalcita), Larimar, Quartzo Rosa, Smithsonita.

Criatividade - Ajoíta, Alexandrita, Amazonita, Andaluzita, Cornalina, Crocoíta, Euclásio, Hemimorfita, Larimar, Quartzo Olho de Tigre, Rubelita, Safira, Sodalita, Topázio Imperial, Vanadinita, Wulfenita, Zincita.

Crítica – Rodocrosita, Rubi.

Culpa – Crisocola, Quartzo (Cristal Elestial), Quartzo (Cristal Ísis), Rodocrosita, Sílica Gema, Zircão.

Dependência – Rodocrosita.

Depressão - Ágata de Botswana, Ágata Musgo, Azurita, Citrino, Coral, Crisocola, Enxofre, Espinélio, Granada, Lápis Lázuli, Larimar, Opala, Peridoto, Pirita, Quartzo Azul, Quartzo Enfumaçado, Quartzo Rosa, Quartzo Rutilado, Rodocrosita, Rubi, Safira, Sílica Gema, Topázio Imperial, Turquesa, Vesuvianita, Zircão.

Desapego – Calcita Verde, Obsidiana, Quartzo (Cristal Elestial).

Desapontamento – Quartzo Rosa, Rodocrosita, Rubi.

Desespero – Dioptásio, Quartzo (Cristal Ísis), Rodocrosita, Rubi, Tempest Stone.

Desorientação – Adamita, Água Marinha, Azurita, Quartzo Enfumaçado, Rubi, Turmalina Preta.

Dinamismo - Cinábrio, Cornalina, Crocoíta, Hemimorfita, Rubi.

Diplomacia - Euclásio.

Disciplina – Azurita, Lápis Lázuli, Rubi.

Dispersão de Energias – Âmbar, Malaquita, Quartzo (Cristal), Turquesa.

Disposição – Bixbita, Cornalina, Crocoíta, Malaquita, Piromorfita, Rubi.

Divertimento - Ágata Azul Rendada, Larimar, Smithsonita.

Dores Emocionais – Dioptásio, Larimar, Malaquita, Quartzo Rosa, Rodocrosita, Sílica Gema, Tempest Stone.

Dúvida – Rubi.

Ego – Crisoprásio, Hemimorfita, Peridoto, Rodocrosita.

Ego negativo – Crisoprásio, Hemimorfita, Peridoto.

Egoísmo – Enxofre, Granada, Rodocrosita.

Elegância – Alexandrita, Hemimorfita, Sílica Gema, Smithsonita.

Empoderamento (Conhecer, reconhecer e assumir seus poderes e forças interiores) – Cinábrio, Crisântemo, Diamante, Diamante Herkimer, Dioptásio, Jadeíta, Malaquita, Quartzo (Cristal), Rubi, Selenita, Serpentina, Sílica Gema, Tanzanita, Turquesa, Variscita, Verdelita.

Energia Eletromagnética - Quartzo Rutilado, Rutilo.

Entusiasmo - Hemimorfita, Smithsonita.

Equilíbrio do Centro - Ágata Dendrítica, Alabastro, Âmbar, Calcita Vermelha, Citrino, Galena, Hematita, Jaspe, Magnetita, Quartzo (Cristal), Quartzo Enfumaçado, Realgar, Rubi.

Equilíbrio Emocional – Adamita, Ametista, Aventurina, Citrino, Dioptásio, Esmeralda, Jaspe, Kunzita, Larimar, Malaquita, Nefrita, Pedra da Lua, Quartzo (Cristal), Quartzo Rosa, Realgar, Rodocrosita, Rubi, Serpentina, Shattuckita, Sílica Gema, Smithsonita, Tempest Stone, Topázio Imperial, Turquesa, Unakita, Uvarovita.

Esperança – Dioptásio.

Espírito de Aventura – Cinábrio, Larimar.

Espontaneidade – Larimar, Vanadinita.

Estabilidade – Quartzo Enfumaçado, Quartzo Rutilado, Rubi, Rutilo.

Evolução – Zircão.

Excelência – Euclásio, Rubi, Safira, Sílica Gema.

Excitamento – Cornalina, Crocoíta, Kunzita.

Expectativa – Pirita.

Expressão Pessoal – Água Marinha, Amazonita, Apatita, Esmeralda, Jadeíta, Larimar, Malaquita, Nefrita, Quartzo (Cristal), Quartzo Azul, Quartzo Rosa, Safira, Smithsonita, Topázio Azul, Turmalinas (todas), Turquesa, Vanadinita.

Felicidade – Calcita Laranja, Escolecita, Larimar, Quartzo (Cristal Arco-íris), Smithsonita.

Feminilidade – Crisocola, Opala Branca, Pedra da Lua, Rubi, Sílica Gema.

Flexibilidade – Crisoprásio, Larimar, Rubi, Selenita.

Fluidez - Crisocola, Larimar, Opala Branca, Sílica Gema.

Fobias – Azurita, Dioptásio, Sugilita, Tempest Stone.

Foco - Âmbar, Howlita, Pérola, Quartzo (Cristal), Unakita.

Força - Crocoíta, Malaquita, Realgar, Rubi, Topázio Imperial.

Frustração – Pirita, Quartzo Rosa, Rodocrosita, Rubelita.

Ganância - Crisoprásio.

Generosidade – Papagoíta, Rodocrosita, Sílica Gema.

Graça – Quartzo (Cristal), Sílica Gema, Smithsonita, Turquesa.

Habilidade – Esmeralda.

Harmonia – Angelita, Barita, Brasilianita, Esmeralda, Galena, Larimar, Opala, Pedra da Lua, Realgar, Rubelita, Rubi, Sílica Gema, Turquesa, Verdelita.

Histeria – Crisoprásio, Halita, Hematita, Quartzo (Cristal), Selenita, Sugilita, Tempest Stone.

Hostilidade – Crisocola, Lepidolita, Rodocrosita, Sílica Gema, Sugilita.

Humildade – Rodocrosita.

Ideais – Diamante, Diamante Herkimer, Rubi.

Identidade – Danburita, Jade do Transvaal.

Imagem Materna - Crisocola, Cuprita, Pedra da Lua, Pérola, Quartzo (Cristal Ísis), Quartzo Rutilado, Rutilo, Sílica Gema.

Imagem Paterna – Cuprita, Diopsídio, Esmeralda, Quartzo Rosa, Quartzo Rutilado, Rubi, Rutilo, Verdelita.

Imaginação – Azurita, Crisoprásio, Espinélio (azul), Granada, Labradorita, Ulexita.

Imaturidade – Azurita, Crisocola.

Indecisão – Cornalina, Crocoíta, Malaquita, Ônix, Quartzo Enfumaçado, Rubi.

Independência – Aventurina, Barita, Pedra do Sol.

Individualidade – Danburita, Jade do Transvaal, Unakita.

Inferioridade - Cornalina, Crisoprásio, Rubi.

Inibições – Cornalina, Papagoíta, Rodocrosita.

Inocência – Água Marinha, Diamante, Diamante Herkimer, Larimar, Topázio Azul, Zircão.

Inovação – Magnesita.

Insegurança – Cornalina, Crocoíta, Diamante, Diopsídio, Madeira Petrificada, Magnesita, Malaquita, Quartzo Enfumaçado, Rodocrosita (emocional), Rubi.

Integração – Lingam, Vivianita.

Inteligência – Azurita, Larimar, Safira.

Interiorização – Lápis Lázuli.

Intolerância – Bixbita, Larimar, Quartzo Rosa, Rodocrosita, Rubi, Turquesa.

Introversão – Cornalina, Indicolita, Lápis Lázuli.

Inveja – Diamante, Peridoto, Rodocrosita, Sugilita, Topázio Imperial.

Irmandade – Angelita, Barita, Jade do Transvaal, Quartzo (Cristal Catedral).

Irritabilidade – Enxofre, Halita, Magnesita, Pérola, Turquesa.

Julgamento – Bixbita, Rubi, Safira, Sugilita.

Lazer – Larimar.

Lealdade – Pérola, Rodocrosita, Vesuvianita.

Letargia – Ágata de Botswana, Cornalina, Crocoíta, Selenita.

Liberdade – Halita, Larimar.

Liderança – Crisântemo, Malaquita, Rubi.

Limites Pessoais – Galena, Quartzo (Cristal Laser), Rodocrosita, Turmalina Preta, Wulfenita.

Mágoa – Albita, Calcita Rosa, Crisocola, Peridoto, Quartzo Rosa, Rubi, Sílica Gema.

Maleabilidade – Selenita.

Manias – Kunzita.

Masculinidade – Crocoíta, Cuprita, Lingam, Opala de Fogo, Pedra do Sol, Selenita.

Maturidade - Crisocola, Esmeralda, Malaquita, Rubi, Sílica Gema.

Medos – Aventurina, Azurita, Bixbita, Calcantita, Calcita Rosa, Charoíta, Citrino, Coral Negro, Crocoíta, Granada, Heliotrópio, Madeira Petrificada, Magnetita, Malaquita, Obsidiana, Pedra do Sol, Rubi, Topázio Imperial, Vesuvianita.

Memória – Âmbar, Ametista, Andaluzita, Azurita, Kunzita, Lápis Lázuli, Sodalita.

Merecimento – Crisoprásio, Quartzo Rosa, Sílica Gema.

Mudanças – Calcantita, Calcita Verde, Calcita Azul, Dioptásio, Goshenita, Halita, Lepidolita, Malaquita, Rubelita, Shattuckita, Tempest Stone.

Natureza (conexão) – Ágata Dendrítica, Coral, Cornalina, Larimar, Quartzo Enfumaçado, Rodocrosita, Shattuckita, Variscita, Verdelita, Wulfenita.

Naturalidade – Larimar.

Negatividade – Hematita, Magnetita, Malaquita, Obsidiana, Quartzo (Cristal Laser) , Quartzo Enfumaçado, Quartzo Rutilado, Rutilo, Selenita, Turmalina Preta, Turquesa.

Nervosismo – Apatita, Citrino, Crisocola, Diamante, Magnesita, Opala, Rodocrosita, Rubi.

Objetividade – Diopsídio, Rubi, Sodalita.

Observação Detalhada – Ágata de Botswana, Azurita, Quartzo (Cristal), Quartzo Olho de Falcão, Ulexita.

Obsessão – Obsidiana, Quartzo (Cristal Elestial), Tempest Stone.

Ódio – Crisocola, Quartzo (Cristal Elestial), Quartzo Rosa, Rodocrosita, Rubi, Sílica Gema, Sugilita, Turquesa.

Originalidade - Aventurina, Larimar, Pedra do Sol.

Organização – Cinábrio, Vanadinita.

Orgulho – Quartzo Rosa, Rodocrosita.

Otimismo – Papagoíta, Quartzo Olho de Tigre, Smithsonita.

Ousadia - Cornalina, Crocoíta.

Paciência - Azurita-Malaquita, Crisocola, Danburita, Howlita, Peridoto, Rodonita, Sílica Gema, Thulita, Vanadinita.

Paixão – Cornalina, Crocoíta, Dioptásio, Rodocrosita, Rubi, Sílica Gema.

Pânico – Cornalina, Crisocola, Crisoprásio, Crocoíta, Dioptásio, Quartzo (Cristal Ísis), Sílica Gema, Tempest Stone.

Passividade – Cornalina, Crocoíta, Opala de Fogo, Rubelita, Rubi.

Paz – Angelita, Celestita, Crisoberilo, Crisocola, Indicolita, Lápis Lázuli, Larimar, Magnesita, Papagoíta, Quartzo (Cristal), Rubelita, Safira, Sílica Gema, Smithsonita, Turquesa.

Percepção – Azurita, Lápis Lázuli, Quartzo (Cristal), Turquesa.

Perdão – Crisoberilo, Crisocola, Dioptásio, Larimar, Lepidolita, Quartzo (Cristal Ísis), Quartzo Rosa, Rodocrosita, Rutilo, Sílica Gema, Smithsonita, Turquesa.

Perseverança – Danburita.

Personalidade – Coral, Danburita, Diamante, Diamante Herkimer, Esmeralda, Rubelita, Safira, Selenita, Smithsonita, Zircão.

Pesadelos – Coral, Granada, Obsidiana, Quartzo Enfumaçado, Rodocrosita, Rubi, Sugilita.

Planejamento - Andaluzita, Azurita.

Poder Pessoal – Cinábrio, Cornalina, Crisântemo, Crocoíta, Diamante, Diamante Herkimer, Dioptásio, Jadeíta, Malaquita, Quartzo (Cristal), Quartzo Enfumaçado, Rubi, Serpentina, Shattuckita, Tanzanita, Turquesa, Zincita.

Possessividade – Quartzo Rosa.

Potencial do Futuro - Calcita Dente de Cão.

Praticidade – Diopsídio, Malaquita, Quartzo Enfumaçado, Quartzo Olho de Tigre.

Preconceito – Sugilita.

Preguiça - Cornalina, Crocoíta, Piromorfita.

Preocupação – Azurita, Madeira Petrificada.

Progresso – Malaquita.

Propósito – Diamante, Diamante Herkimer, Rubi.

Proteção – Alexandrita, Angelita, Diamante, Diamante Herkimer, Hematita, Jaspe, Malaquita, Obsidiana, Pirita, Quartzo (Cristal Elestial), Quartzo (Cristal Laser), Quartzo Enfumaçado, Quartzo Rutilado, Rutilo, Selenita, Sugilita, Topázio Imperial, Turmalina Preta, Turquesa.

Pureza - Ágata Azul Rendada, Água Marinha, Celestita, Diamante, Diamante Herkimer, Larimar, Pérola, Quartzo (Cristal), Selenita, Sílica Gema, Topázio Azul, Zircão.

Racionalização - Andaluzita, Azurita.

Raiva – Citrino, Crisocola, Enxofre, Heliotrópio, Hemimorfita, Larimar, Magnetita, Obsidiana, Peridoto, Quartzo Rosa, Rodocrosita, Rubi, Sílica Gema, Sugilita, Turquesa, Vesuvianita.

Reconciliação – Brasilianita, Crisocola, Hemimorfita, Quartzo (Cristal Gêmeos Tântricos), Rodocrosita, Smithsonita.

Relacionamentos – Apatita, Barita, Brasilianita, Esmeralda, Hemimorfita, Larimar, Nefrita, Orpimento, Papagoíta, Peridoto, Quartzo (Cristal Gêmeos Tântricos), Rodocrosita, Rubelita, Rubi, Serpentina, Smithsonita, Uvarovita, Vivianita, Zincita.

Relaxamento - Ametista, Crisocola, Fluorita, Hemimorfita, Larimar, Sílica Gema, Turquesa.

Remoção de Obstáculos – Cinábrio, Malaquita, Obsidiana, Quartzo (Cristal Elestial), Selenita.

Remorso – Crisocola, Quartzo (Cristal Ísis), Quartzo Rosa, Rodocrosita, Sílica Gema.

Responsabilidade - Azurita, Cuprita, Fluorita, Hemimorfita, Malaquita, Rubi.

Rigidez - Calcita Verde, Madeira Petrificada, Quartzo (Cristal), Selenita.

Segurança – Ágata Musgo, Madeira Petrificada, Magnesita, Malaquita, Quartzo Enfumaçado, Rubi.

Sensatez - Azurita, Fluorita.

Sensibilidade – Crisocola, Rodocrosita, Sílica Gema.

Sexualidade – Crisoprásio, Diamante, Espinélio, Fluorita, Granada, Jaspe Vermelho, Quartzo Vermelho, Rubelita.

Significado da Vida – Alabastro, Azurita.

Sinceridade – Pérola, Rodocrosita.

Solidão – Calcita Rosa, Dioptásio, Dolomita, Escolecita, Larimar, Quartzo Rosa, Rodocrosita, Sílica Gema, Smithsonita.

Solidariedade – Jade do Transvaal, Quartzo (Cristal Catedral).

Sonhos – Azurita, Diamante, Diamante Herkimer, Jadeíta, Jaspe Paisagem, Nefrita, Quartzo Enfumaçado, Serpentina, Ulexita.

Sorte - Alexandrita, Amazonita, Turquesa.

Suavidade – Ágata Azul Rendada, Brasilianita, Crisocola, Larimar, Quartzo Rosa, Sílica Gema, Smithsonita.

Sucesso – Amazonita, Jaspe Pele de Leopardo, Malaquita, Quartzo Olho de Tigre.

Superioridade – Crisoprásio, Rubi.

Talento Artístico – Amazonita, Turquesa.

Temores - Azurita.

Tenacidade - Cornalina, Crocoíta.

Tendências Autodestrutivas - Citrino, Rubelita, Sugilita.

Tensões – Alabastro, Ametrino, Citrino, Crisocola, Larimar, Malaquita, Sílica Gema, Smithsonita, Tempest Stone, Turquesa.

Timidez - Água Marinha, Cornalina, Crocoíta, Lápis Lázuli, Rodocrosita, Topázio Azul.

Tolerância - Bixbita, Crisocola, Sílica Gema.

Tranquilidade – Larimar, Papagoíta, Safira, Sílica Gema, Turquesa.

Traumas emocionais – Calcita Azul, Calcita Rosa, Calcita Violeta (Cobaltocalcita), Crocoíta, Larimar, Malaquita, Quartzo Rosa, Rodocrosita, Selenita, Sílica Gema, Smithsonita, Tempest Stone, Topázio Imperial.

Tristeza – Calcita Rosa, Crisocola, Dolomita, Quartzo Rosa, Rodocrosita, Sílica Gema, Smithsonita.

Vacilo - Cornalina, Quartzo Enfumaçado.

Vazio – Citrino, Dioptásio, Larimar, Quartzo (Cristal Ísis), Quartzo Rosa, Rodocrosita, Sílica Gema.

Verdade – Água Marinha, Azurita, Celestita, Charoíta, Cuprita, Diamante, Diamante Herkimer, Fluorita, Quartzo (Cristal), Rubi, Topázio Azul, Turquesa.

Vergonha – Cornalina, Dioptásio, Quartzo Rosa, Rodocrosita.

Vícios – Ametista, Charoíta, Selenita, Sugilita.

Violência – Crisocola, Rodocrosita, Sílica Gema, Sugilita, Turquesa.

Virtude – Larimar, Sílica Gema, Zircão.

Visão – Andaluzita, Azurita, Indicolita, Labradorita, Lápis Lázuli, Pirita, Quartzo (Cristal) , Sílica Gema, Sílica Gema, Ulexita.

Vitimização – Dioptásio, Quartzo (Cristal Ísis), Rodocrosita, Sílica Gema, Smithsonita.

Vitória – Piromorfita.

Vontade – Citrino, Cornalina, Crocoíta, Cuprita, Enxofre, Espinélio (amarelo), Malaquita, Rubi.

Voz - Água Marinha, Topázio Azul.

Vulnerabilidade – Crisocola, Larimar, Quartzo Rosa, Rodocrosita, Sílica Gema.

Toda a informação foi retirada do site do DUNCAN, recomendamos a sua pesquisa.

 
Cromoterapia

Cromoterapia


A cura pela cor a bem dizer, talvez tenha sido o primeiro tipo de terapia empregada pelo homem, pois foi o método doado pela própria natureza e um recurso natural, para conservar o organismo equilibrado e em harmonia.

Assim, a cromoterapia está tão relacionada psíquica e organicamente à existência humana, quanto o ar que respiramos e o alimento que ingerimos.

A existência da CROMOTERAPIA é marcada por passagens memoráveis na esteira dos tempos, cujos reflexos poderiam ser aferidos como marcos de saúde, nos Atlantes, Sumerianos, Caldeus, Egípcios, Chineses e tantas outras civilizações antigas.

Cromoterapia é a prática que utiliza a vibração das cores do espectro solar para restaurar o equilíbrio físico-energético em áreas do corpo que apresentam alguma disfunção. As propriedades terapêuticas de cada cor vão agir nos campos energéticos que chamamos de Chacras, corrigindo e reativando o campo vibratório celular.

A Cromoterapia é uma terapia holística por tratar o ser como um todo. Cada cor tem uma vibração específica, atuando desde o nível físico até níveis mais sutis. A aplicação de cada cor tem como finalidade suprir carências de determinadas vibrações energéticas no corpo e neutralizar o excesso de outras.

A vibração de cada cor pode ser introduzida no corpo através de alimentos, líquidos e sólidos solarizados, luz solar ou artificial, visualização de cores, roupas, ambientes, pedras e cristais.

A Cromoterapia trata de inúmeras disfunções orgânicas, tais como, pressão alta ou baixa, artero-esclerose, anemia, gastrite, úlcera, hepatite, hemorroidas, cálculos renais, Mal de Parkinson, cefaleia, bronquite, sinusite, conjuntivite e, até mesmo, queda de cabelo. Com o aparelho de Cromoterapia podem ser realizadas sessões, utilizando cores e procedimentos específicos para o tratamento de cada disfunção.



Significado das Cores
POR:MESTRE SAINT GERMAIN:


O branco é a cor da pureza e vós deveis usá-lo e dele vos rodear.

Ele contém todas as outras cores. O violeta é uma cor que vibra muito alto e muito rapidamente; purifica e consome tudo o que não é luz. Quando se quer purificar a vida, para alcançar a própria vibração, é preciso usar violeta.

A humanidade inteira deve passar por um estado de purificação; assim sendo, o violeta deve estar por toda a parte.

O amarelo é a cor da sabedoria.

Ele tem uma vibração que acalma e pacifica.

O azul é a cor da energia. É preciso qualificar esta vibração pela vibração do amor, que é o rosa.

O verde é a cor da abundância, abundância de luz, abundância de substância, abundância de dinheiro.

O verde e o amarelo juntos são um talismã para se obter tudo aquilo de que se tem necessidade.

O rosa é o amor divino.
O vermelho é má Vibração de cólera.
Nunca os Mestres o empregam. É, além disso, uma cor que anuncia o perigo e, se os toureiros o empregam para excitar a cólera dos touros, que efeito pensais que ela produz nos humanos, que têm um sistema nervoso mais delicado e mais sensível?
O negro é a ausência de toda vibração benéfica. O negro não deixa passar a luz cósmica. Nenhum bem pode resultar do emprego do negro.
Não useis nunca o negro, é a cor da renúncia a toda sorte, a toda felicidade, à luz.

E quem quer renunciar à luz? As criancinhas são muito sensíveis às cores. Elas ficam contentes quando as pessoas que as rodeiam usam o branco, o rosa, o azul claro, o amarelo, o verde, o violeta. Mas choram quando se as toma nos braços vestidos de vermelho ou de negro. A noite é negra, dir-se-á; não, a noite não é negra, ela é azul, ela é benéfica, ela é pura, ela é construtiva.

Meus queridos filhos da luz, usai cores claras e puras que deixem passar a força cósmica.
Não useis nunca o vermelho, nunca o negro, o marrom, o cinzento, o grenat; não useis nunca tintas misturadas, compostas, sujas ou neutras.
Deixai passar a luz através de vossas roupas, cercai-vos de cores vibrando alto.
Que a luz cósmica vos atravesse, vos banhe e vos envolva... As cores são muito, muito importantes na vida dos humanos. Fazei apelos contra a força sinistra que influencia a moda. Pedi que Deus ilumine os portadores de vestes negras ou vermelhas.
Pedi que os corpos mentais superiores dos humanos os influenciem no sentido das cores construtivas e benéficas.
Quantas cenas são provocadas por um vestido ou um casaco vermelho.
Quanta tristeza poderia ser banida da Terra, se a cor negra fosse banida do uso dos homens!

As cores têm uma grande importância. Elas têm vibrações que correspondem a certas qualidades e é suficiente usar uma cor que corresponda, por exemplo, à discórdia, para mergulhar a discórdia na corrente cósmica. Tudo é vibração. Meus filhos, mantende vosso padrão, subi, subi na luz, no branco, e nada mais de mal poderá vos atingir. O branco é a cor da pureza ideal e da luz.

A instrução de Saint Germain deve ser fielmente adotada, porque nós a preparamos para ajudar os Ocidentais a evoluir. Adotamos estas regras para nós e para vós. Essas vibrações são necessárias à vossa atividade e se eu fosse vós, daria muita atenção às cores que usais e que vos rodeiam.
É preciso guardar o ensinamento de Saint Germain convosco e pô-lo em prática.
Um ser que está vestido como não deve, não pode irradiar como nós irradiamos. Somos seres de cores brilhantes como vós, mas não podeis irradiar se não deixais vossa luz sair de vós, e as cores destrutivas destróem e abaixam vossas vibrações e vossas cores. Pensai nisso, meus queridos filhos, e cumpri nossas vontades. Nós vos faremos subir mais alto nas nossas oitavas.
Essas cores não são da luz. Ora, não há senão luz nas nossas oitavas. Somos todos brancos, rosas, azuis, amarelos, malvas *, verdes e nada fazemos para esconder nossa luz. Se quiserdes vir a nós, não filtreis vossa luz.

*Cor da flor de malva, que é arroxeada. (Nota da tradutora).

As idéias que fazem os humanos sobre as cores não impedem de cumprir-se a lei.

As cores têm todas sua vibração que corresponde às qualidades e aos defeitos e nada, nem pessoa alguma, poderá mudá-las. É uma lei imutável e é preciso conhecê-la e respeitá-la quando se quer ser feliz. Nós vos rogamos refletirdes nisso e vos conformardes.

Nós vos abençoamos.

CENTRO ESPIRITUAL DE VAHALI - BRASIL



Saiba o Efeito das Cores no Cérebro



Atualização: 
22 DEZ 2012
16hs51min

Dicas Terapêuticas
O PODER DAS ERVAS
Sabemos que é comprovado o uso das ervas nas curas do organismo humano, mas agora podemos ter a opção de tê-las como curativas da alma.
As ervas são produzidas no maior laboratório elemental da natureza: a Terra. Observando-as e estudando-as sabemos em que situação usá-las. Poderá ser na forma de incenso, fusão, óleos, chás, sendo que no caso de ingestão, deve-se sempre consultar um especialista, que será o melhor indicador de como usá-las corretamente.
Muitos tem por hábito apenas ferver as folhas de determinada erva, para que seu vapor purifique o ambiente e a alma das pessoas que nele se encontram. Tente. Será algo novo que lhe deixará repleto!

10 DICAS PARA USAR MELHOR AS PLANTAS MEDICINAIS
Observamos que há um crescimento desenfreado da busca da cura pelos produtos naturais e com isto cresce a divulgação de que as plantas são milagrosas e não oferecem risco de efeitos colaterais. Este fato , é um risco para a população pois significa também que mais produtos serão produzidos e vendidos muitas vezes sem a preocupação com a garantia e qualidade da espécie.
Veja a seguir algumas dicas muito importantes para os admiradores da fitoterapia.
1-Estar informado sobre a procedência das plantas:
Como sabemos cada planta necessita de cuidados para produzir os seus princípios medicamentosos, chamados de ativos. Quando a planta é domesticada ela precisa de tratos culturais definidos de acordo com a espécie e o melhor é contarmos com um agrônomo ou técnico para acompanhar esta etapa.
Conforme pesquisa realizada no ES foi observado que muitas pessoas realizam extrativismo ou seja coletam as plantas na mata sem o devido controle, ocorrendo inclusive o risco de extinção, como já ocorreu com o ipê-roxo, a espinheira-santa, a aroeira, dentre outros.
Devemos também nos informar sobre a qualidade das plantas que vamos utilizar. É importante saber o local onde foram cultivadas, a data de validade e se há acompanhamento de técnico qualificado. Não se deve coletar e cultivar plantas em locais poluídos, em beiras de estradas e rios poluídos, próximo a fossa e esgotos, etc.
2-Estar informado sobre o modo de coletar
Caso você mesmo vá fazer a coleta evite retirar todas as folhas do mesmo galho; jogue fora as folhas que estão contaminadas por fungos, insetos, etc. Retire as cascas em pedaços pequenos para evitar circundar todo o caule, pois poderá causar a morte da planta.
3-Saber o momento certo de colher
Existe diferença de época de colheita de uma espécie para outra, porém muitos estudos ainda estão sendo realizados e concluídos. Recomenda-se que se colete as folhas em dias secos e se evite os horários que o sol está muito quente, principalmente no verão. Para as plantas aromáticas principalmente pois assim se evita a evaporação das essências aromáticas que são voláteis.
4-Saber conservar e secar as ervas
Deve-se secar flores e folhas em locais ventilados, livres de sujeiras, à sombra, penduradas em varais ou em bandejas em camadas finas .Cascas, raízes devem ser lavadas com água corrente e colocadas para secar ao sol. Raízes muito grossas podem ser cortadas em rodelas. Após secas, devemos guardar picadas em pedaços, em vidros de preferência escuros, secos, tampados, à sombra, com etiqueta de data de coleta e validade, mais o nome da espécie. A validade varia de 3 a 6 meses.
5-Conhecer a parte da planta que quero utilizar
É extremamente importante conhecer a parte da planta que possui atividade medicinal.  Caso contrário não poderemos obter o resultado esperado. Exemplo: a camomila utilizo as flores; o mulungu a casca; o quebra pedra a planta inteira; etc.
6- Saber o modo de preparar
Diferentes modos podem ser utilizados par o preparo das formas caseiras. Para o preparo do chá é melhor usarmos uma vasilha de porcelana, vidro ou barro.
É muito importante analisar a quantidade de erva que desejo preparar para evitar o desperdício. A medida deve sempre estar baseada em livros de pessoas qualificadas. Geralmente oriento o preparo da infusão à partir de partes de plantas secas ou verdes da seguinte forma.
Para uma xícara de chá de água devo infundir 1 colher da de sopa da planta verde picada ou 01 colher de chá da planta seca.
7- Saber identificar a planta
É extremamente importante a identificação de uma planta. Todas as partes da mesma serão analisadas com base em botânica e depois comparadas em literatura especializada. Em Vitória diferentes espécies são conhecidas com o mesmo nome, tais como: cidreira; hortelã; camomila; boldo; etc. Não comprar plantas sem a certeza de que alguém responsável as identificou .
8-Saber como usar
Quando não sabemos usar uma planta ou fitoterápico devemos sempre recorrer a um profissional de saúde experiente.
Precisamos estar atentos ao modo de uso seja interno seja externo, pois determinadas plantas não devem ser ingeridas, outras não podem ser tomadas por muito tempo como por exemplo o mentrasto.
Ao oferecermos fitoterápicos para crianças devemos redobrar o cuidado. Crianças até um ano, são muito sensíveis e devemos dar apenas uma medida de colher das de chá do infuso 3 a 4 vezes ao dia.
Muitas mães desconhecem isto e chegam a dar uma mamadeira cheia de chá, o que é incorreto.
9- Conhecer o tempo de tratamento
O tempo de uso e a quantidade diária são deveras importante para o sucesso do tratamento. Determinadas doenças, tais como, diabetes, câncer, se usa preparações por muito tempo e devemos sempre acompanhar clínica e laboratorialmente o paciente.
10-Saber a toxicidade das plantas e contra-indicações
Nem sempre se sabe, mas determinadas plantas produzem substâncias agressivas ao organismo humano, tais como : espirradeira, comigo ninguém pode, chapéu de napoleão, pinhão paraguaio.
Para fazer uso de plantas em pacientes alérgicos e sensíveis devemos redobrar os cuidados.
Determinadas plantas não são recomendáveis na gravidez tais como losna, carqueja, alecrim, arruda, canela e boldo. Outras podem causar efeitos colaterais se ingeridas, tais como : óleo de copaíba, cáscara sagrada, etc

Relacionamos algumas ervas, por seus nomes mais conhecidos e populares:
AlecrimIndicado para aqueles que tendem sempre a guardar, reter sentimentos como mágoas e ressentimentos, liberando estas energias já densas, alterando o seu padrão, realçando o exercício do perdão e trazendo a alegria e o amor á tona em nossos comportamentos.

Alfazema
Aos que agem de maneira impensada ou sentem insegurança para agir despertando o discernimento. Atua no sistemas nervosos do corpo acalmando-os, permitindo diminuir as culpas de atos impensados e ajudando a manifestação da intuição.

AnisEnsina o fluir natural dos sentimentos da forma como eles se originam, sem que as barreiras conceituais ou outras manifestações da personalidade tenham qualquer influência.

ArnicaCombate a dispersão excessiva naqueles que pensam intensamente sobre vários assuntos ao mesmo tempo e não conseguem agir sobre nenhum deles, prejudicando o seu caminhar como um todo. Atua trazendo-os para a ação e conclusão.

ArrudaPromove a queima interna ativando o elemento fogo dentro de nós. Dissipa os elementos densos e negativos e limpa os nossos arquivos, trazendo consciência plena de nossos potenciais, inclusive os espirituais.

ArtemísiaAos que "fabricam" pensamentos com ansiedade a ponto de gerar emoções grosseiras e irreais. Traz à razão o padrão de suas próprias idéias, rapidamente e com consciência.

Assa-PeixePara aqueles que retêm a energia sexual a ponto de provocar tensão, essa flor libera essa potente energia represada através de emoções e sentimentos mais tranqüilos, e pede ao ser que não se reprima ou se deixe oprimir, nessa área, por preconceitos.

BabosaPromove a transferência da energia usada excessivamente no "pensar", principalmente aqueles que não conseguem fazê-lo, mesmo conscientes de que precisam, devolvendo a energia excessiva aos sistemas físicos de eliminação.

BálsamoTrabalha exclusivamente nas emoções represadas pela falta de expressão, que endurecem o Ser. Libera essa energia retida de forma suave, contatando o elemento água.

BoldoCom energia contraída, leva o ser a refletir sobre sentimentos e emoções reprimidas que o levam a ter atitudes tempestuosas e impulsivas, principalmente as raivas contidas, de maneira mais branda.

CamomilaPara aqueles que criam tanta expectativa em relação ao futuro que se desequilibram emocionalmente, tentando digerir algo que ainda não foi cozinhado. Essa flor desperta neles, a energia da calma, da confiança e da paciência.

CânforaFormidável para aqueles que acreditam que a vida é apenas a manifestação dos que captam os nossos cinco sentidos físicos, essa flor gera movimentos de introspecção sobre essa idéia, fazendo fluir essa energia contida para as áreas espirituais.

CapuchinhaExpressão chave para esse floral: carência afetiva. Para dar consciência desse assunto, promove a união energética das energias do corpo físico, trazendo à lembrança a importância da liberação do tocar e ser tocado.

CarquejaForte depuradora de emoções envelhecidas, por teimosia em manter "verdades" internas, essa flor limpa esses meridianos, criando condições de aceitação a novo valores e sentimentos.

Catinga-da-MulataPromove em toda a aura uma verdadeira "faxina" energética, conservando o bom fluxo do prana (energia vital da alma), nos chacras (canais de fluxo energético entre a aura e o corpo físico), principalmente no plexo solar.

CoentroPromove força e coragem quando nos sentimos acuados e sem reação diante de situações que necessitamos enfrentar sem medo. Principalmente, quando o assunto é "mudança" ou "novidade".

ConfreiPara os momentos de tomada de consciência de nosso estado interno de aparente demolição, gerando a força vitalizadora, colocando-nos de pé e nos dando ciência das ferramentas que devemos reutilizar.

Dente de LeãoExcelente para aqueles que, conscientemente, sabem que terão uma batalha pela frente, da qual não podem e não devem fugir. E, para enfrentá-la necessitam de dois ingredientes que essa flor dinamiza: força e coragem.

Espinheira SantaMuito importante para aqueles que confundem emoções e sentimentos e, diante de situações sentimentais, agem com a emoção, desequilibrando-se pois trazem para si o problema alheio . Acalma as emoções.

GervãoQuando o acúmulo de raiva e outros sentimentos muito grosseiros atinge um nível muito grande, não cabendo mais a introspecção para compreendê-los. Geralmente, para aqueles que negam sua face raivosa.

GuinéEssa flor possui características purificadoras de negatividades que, acumuladas, melhora os estados de tensão em todo o corpo. Ativa o elemento fogo para dissipá-las, agindo como um "anti-gripal" da aura humana.

Hortelã-PimentaPara as pessoas que se privam de liberar suas emoções por conceitos do tipo: "não sei se fica bem...", "o que os outros vão pensar...". "esta atitude não cabe a uma pessoa do meu nível..." etc. Essa flor libera o que ficou retido de forma descontraída.

JaborandiPara os movimentos de grandes mudanças externas em nossas vidas, que exigem coragem para enfrentá-las sem nos afastarmos de nosso eixo pessoal, físico e espiritual.

JurubebaFloral de grande poder dentro de nós, principalmente para aqueles que se desvalorizam e perdem a vontade própria diante de perdas e sentimentos, ficando presos aos sentimentos do passado, desequilibrando o presente.

Macela
Com vibrações muito sutis em nossa alma, essa flor pede a parada total de nosso Ser, pois o excesso de atividade ou de informação pode impedir a comunicação de energias supra-físicas, desejosas de indicar novos rumos e perspectivas.

ManjericãoAtuando como regulador da liberação da energia da vontade, ameniza a personalidade que, oprimida, provoca reações explosivas de auto-defesa. Desperta o fluxo material dos instintos.

Melissa
Para os momentos nos quais seja necessário retomar o fio da meada em relação aos nossos problemas internos, essa flor funciona como uma lupa, ampliando a nossa capacidade de visualização e dimensionamento dos mesmos, fazendo-nos atuar sobre eles.

MetrastoEssa flor limpa o Eu, trazendo á consciência a manifestação pura dos sentimentos, fortalecendo-os. Ideal para aqueles que, não confiando nos seus próprios sentimentos, não lhes conseguem dar o devido valor e perdem a oportunidade de contatar novos amigos e situações agradáveis.

Mil-Folhas
Para os casos em que traumas ou experiências consideradas vegetativas bloqueiam muito o desenvolvimento natural da vida em todos os sentidos. Esse desbloqueio se dá através do meridiano cardíaco, no qual moram os sentimentos profundos e verdadeiros, limpando-os e espargindo essa energia purificadora para toda a aura.

PicãoIndicado para aqueles que, em processo de autoconhecimento, tendem facilmente a criar atitudes internas de autopunição e cobrança, gerando esmorecimento e ansiedade. Traz conforto e força interna.

SabugueiroEssa flor ajuda a melhorar o fluxo de decisões internas para aqueles que tem esta dificuldade, provocando descargas elétricas nos meridianos nervosos.

SerralhaExcelente para aqueles que, diante de decepções, frustrações e desilusões, desequilibram-se facilmente, emocional e sentimentalmente. Revitaliza, nessas circunstâncias, a auto-estima.

Sete-SangriasEm momentos nos quais não se pode dispensar, perder tempo e deixar espaço para dúvidas internas, esse floral renova a vitalidade, fazendo com que se mantenha a força do querer pessoal diante dos próprios objetivos.

Trapoeraba ForteEstimulante da circulação interior, esse floral nos dá grande sensação de renovação interna, trazendo sensações de segurança, juventude e renascimento para seguir a vida com sentido.

VerbascoPara aqueles que, descontrolados emocionalmente ou por fraqueza momentânea na personalidade, deixam- se expor e explorar por energia alheia negativa, desvitalizando-se. Limpa a aura dessas negatividades e protege-a contra novas invasões.


O Poder das Ervas,
 segundo o Espírito  de André Luiz, 
do livro Nosso Lar:


"Comecei o trabalho procurando esclarecer os espíritos perturbados que se mantinham ligados ao doente. Mas tinha muita dificuldade, pois estava muito abatido. Lembrei o quanto seria bom ter a colaboração de Narcisa e tentei. Concentrei-me em profunda oração a Deus e, nas vibrações da prece, me dirigi a ela pedindo socorro.
Contei-lhe, em pensamento, o que estava acontecendo comigo, informando minhas intenções de ajudar, e insisti para que não deixasse de me socorrer. Foi então que aconteceu o que eu não esperava. Depois de 20 minutos, mais ou menos, quando eu ainda não havia terminado minha prece, alguém me tocou de leve no ombro. Era Narcisa, que me atendia sorrindo:- Ouvi seu apelo, meu amigo, e vim ao seu encontro. Fiquei muito feliz. A mensageira do bem olhou o quadro, compreendeu a gravidade da situação e disse:- Não temos tempo a perder. Antes de qualquer coisa, aplicou passes de alívio ao doente, isolando-o das formas escuras, que se afastaram imediatamente. Em seguida, me chamou decidida:- Vamos à natureza. Acompanhei-a sem vacilar e ela, notando meu espanto, disse:- Não é só o homem que emite e recebe fluidos. As forças naturais fazem o mesmo, nos vários reinos em que se subdividem. Para o caso do nosso doente, precisamos das árvores. Elas vão nos ajudar com eficiência. Admirado com a nova lição, segui com ela em silêncio. Quando chegamos a um local onde havia árvores enormes, Narcisa chamou alguém, com palavras que não pude entender. Logo em seguida, oito entidades espirituais atendiam ao chamado. Muito surpreso, vi Narcisa perguntar onde poderia encontrar mangueiras e eucaliptos. De posse da informação dos amigos, que eram totalmente estranhos para mim, a enfermeira explicou:- Estes irmãos que nos atenderam são trabalhadores do reino vegetal. E, diante da minha surpresa, concluiu:- Como você vê, não existe nada inútil na casa de Deus. Em toda parte há quem ensine, se houver quem precise aprender. E onde surge uma dificuldade, surge também a solução. O único infeliz na obra divina é o espírito irresponsável que se condenou às trevas da maldade. Em alguns minutos, Narcisa preparou certa substância com as emanações do eucalipto e da mangueira e, durante toda a noite, aplicamos aquele remédio ao doente, pela respiração comum e pelos poros. Ele melhorou muito. Pela manhã, logo cedo, o médico afirmou muito surpreso:- Ele teve uma reação incrível esta noite!

Um verdadeiro milagre da natureza."



Foto: MUSICATERAPIA